Grey’s Anatomy: Who Is He (And What Is He to You)? (13×16)

Vontade menor de escrever sobre este episódio só de escrever sobre Criminal Minds (e eu tenho que fazer isso em seguida). A minha falta de ânimo com as tramas desta temporada de Grey’s Anatomy já é certeza, um episódio centrado em Jackson (de que gosto muito) e April (que eu passei a não suportar, ela perde apenas para a Amelia).

Criei um pouquinho de esperança ao descobrir que o dono do bar era o pai desaparecido do Jackson, mas a história acabou tão sem sentido, tão rápido. A ideia foi pintar o pai dele como alguém totalmente desconectado dele, quem sabe com isso nos fazer relevar os vários erros que Catherine… Pois devo dizer que falharam miseravelmente, até porque o Jackson simplesmente achar que o cara não presta e não sei mais o que só porque ele foi buscar um café me pareceu superficial demais, os dois nem chegam a falar da partida dele (e eu fugiria da Catherine se tivesse ela como esposa).

Resta a esperança de que agora Jackson e April se entendam de uma vez e o ata e desata deles chegue ao fim.

P.S. Algo me diz que a vida da minha filha seria mais importante do que ela perder a voz. Alguém vota comigo?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *