NCIS: Enemy Combatant (14×08)

Só consigo imaginar o tanto de narizes torcidos para este episódio de NCIS por conta dele ser centrado em Bishop. A agente infelizmente não conseguiu conquistar a maior parte dos fãs da série, boa parte deles não gosta dela de verdade. Eu não somente gosto como acho que ela equilibrou muito bem na equipe.

Além disso, os três irmãos dela roubaram a cena hoje com sua investigação sobre o novo namorado da caçula… E eu amei o novo namorado dela!!!

Tá, eu sei, o caso todo ia muito bem enquanto a equipe estava focada em descobrir quem havia feito com que um rapaz muçulmano acabasse preso injustamente, e mesmo que não gosta da Bishop tem de reconhecer que ela conseguiu se conectar com o rapaz e que ela tem o coração no lugar certo.

Mas, de repente, o caso dá uma girada de 180º e o capelão morto, que estava tentando libertar o rapaz que Bishop conseguiu ver libertado, foi morto por um desvio de dinheiro da ação comunitária da igreja em que ele estava trabalhando. Só que essa resposta apareceu nos 3 minutos finais do episódio, não tendo absolutamente anda ao longo do caminho indicado isso, feito com que o Gibbs tivesse aquela luz, sabem?

Foi um tanto frustrante isso. E me deixou com a pergunta: ninguém vai revisar os outros depoimentos traduzidos pela tal empresa que não estava nenhum pouco preocupada com a verdade?

P.S. Um vegano está abaixo de assassinos em série na lista de piores “candidatos” dos irmãos da Bishop. Pessoas que cresceram em fazendas tem tendência a avaliar desta forma.

P.S. do P.S. Hummm, eu realmente não acho que ela seja tão compatível com o Gibbs como a tal ferramenta calculou.

P.S. do P.S. do P.S. Torres é a melhor pessoa, não só escapou dos irmãos como ainda entregou um “suspeito” de bandeja para eles. Eu ri muito nesta hora.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Não tenho nada contra a Emily mas convenhamos que entre Cate / Ziva e ela é a mais fraquinha, só acho legal que os roteiristas colocaram a vida pessoal dela em evidência com mais rapidez, o marido lindo – não me conformo do Jammie Bamber ter traído – os pais e agora os irmãos foram nos apresentado.

    No caso da Caitlin só ficamos conhecendo sua irmã anos depois de sua morte e sabemos que sua família era grande, Ziva ficou restrita ao pai diretor do Mossad e o meio-irmão Ari.

    Mas eu adorei a história envolvendo os agentes de NCIS como supostos namorados para Emily, coitado do McGee, o Torres foi o que se safou brilhantemente, e o Gibbs é impossível ter aquela combinação toda com a Emily pois isso só vai acontecer entre o Gibbs & Me <3.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *