The Blacklist: Dr. Adrian Shaw (No. 98) (4×07)

Não sei vocês, mas eu já estou bem de saco cheio do senhor Alexander Kirk e todo esse drama com a Liz. Eu já sabia que ela não era filha dele, então toda a tensão por conta de Liz se sacrificando para salvar a vida do vilão já tinha ido por água abaixo. E, quatro anos depois, a gente já sabe que o Red é o pai dela e a esta altura não existe razão nenhuma para esticar ainda mais essa parte da história.

Além disso, Liz demais e Red de menos faz a Simone infeliz.

A única forma de manter esta história interessante é se passássemos da trama Kirk foi traído pela esposa com Red para algum outro tipo de segredo entre eles. Eu até aceitaria mais sobre o passado dos três, Kirk, esposa e Red, quem sabe algum pano de fundo sobre como tudo aconteceu.

Apostar fichas somente nos questionamentos que Liz faz sobre si e sobre ele é a decisão mais errada do mundo.

Pior se isso rouba tempo do episódio que poderia ter sido gasto na investigação do “blacklister” da noite, a doutora Adrian Shaw.

A primeira vista o interesse de Red na senhora que usa humanos como rato de laboratório é por causa da doença de Kirk, mas como a história não acabou e eu duvido que Red tenha qualquer intenção de salvar Kirk, ainda podemos ser surpreendidos com alguma outra revelação.

Ah, e não fiquei nem um pouco impressionada pelo fato da maníaca que estava cuidando do Kirk ser sua namorada. Não mesmo.

Música do Episódio

The Road to Nowhere – Radical Face

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta