Chicago PD: A War Zone (4×05)

Voight, Platt e Burgess. O que dizer destes três personagens depois de mais um episódio irretocável de Chicago PD? A vontade era abraçar cada um deles ao final do episódio, dar parabéns pelo serviço bem feito e desejar uma boa noite de sono porque, olha, não foi um dia fácil em Chicago.

Mas primeiro uma explicação importante: lembram de meu comentário sobre a saída sem explicações do Mouse? Pois bem, dando uma olhada no IMDB percebi que houve uma inversão de episódios, sendo que este deveria ter passado antes do que vimos semana passada já sem o nosso gênio dos computadores.

A outra mudança ocasionada pelo episódio, a saída de Tay, parceira tão legal da Burgess, tinha passado despercebida para mim. Só que essa trama talvez ainda seja retomada, já que sabemos que a Platt não ficou nem um pouco satisfeita com a atitude do tal comandante que passou por cima de todos mundo para de novo castigar a policial que não dormiu com ele.

O lado bom foi que Tay e Burgess tiveram uma boa participação hoje com o caso do homem encontrado esfaqueado na cozinha enquanto o filme gritava na rua. Eu confesso que desde o início desconfiei que ele estava mentindo, mas é aceitável que Burgess e Tay não tenham percebido a armação, precisando que Platt pegasse a pista ao conversar com o garoto.

Enquanto isso o pessoal da Inteligência foi atrás de quem estava soltando droga adulterada que deixou um rastro de morte e vamos dizer que a investigação deu trabalho para eles, perdidos entre pistas confusas e mais vítimas por hora do que eles podiam contar. Além do omento ridículo (não do roteiro, mas da dura realidade) em que não podiam pegar ninguém porque uma molécula na droga era diferente da considerada ilegal.

Ao final eles conseguiram pegar a maior parte dos envolvidos, mas o chefão escapou – e algo me diz que aquele moleque da faculdade não estava falando toda a verdade – e então Voight lhe prestou uma visita para deixar claro que, bem, ele pode até ter escapado, mas é melhor droga adulterada não aparecer de novo na cidade.

Chicago PD A War Zone 4x05 s04e05

Então o episódio encerra com o melhor momento: depois de Tay abrir os olhos da Burgess ela resolve dizer ao Voight que está bastante interessada em fazer parte da equipe. E, poxa, a gente já torce por isso há mais de 3 anos, não é verdade?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. Querida Ci,
    O canal Universal entrou em hiato das séries LOSVU e Chicago PD, só volta com inéditos no final do mês.

    Então esse episódio ainda é inédito na tv por aqui.

    Responder

  2. No site da Universal tem um vídeo de uma cena deletada deste episódio, é a despedida do Mouse com o pessoal no Molly’s.

    Vale lembrar que o Olinsk fez um ato de bondade, apesar do perigo, em pegar um pouco do dinheiro dos traficantes para dar a mãe e ela poder enterrar o filho.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *