Rosewood: Aortic Atresia and Art Installations (1×10)

Quanta coisa aconteceu neste episódio, minha gente? Villa jamais poderá dizer que seu aniversário é apenas mais um dia: ela e Rosie foram atrás de um assassino em série, Mike preparou um almoço especial, Mike desistiu de ir para sei lá onde por ela, ela se tocou que talvez não possa pedir ao Mike para fazer isso porque sente algo pelo Rosie , a Kat ligou pro Rosie e eles estavam quase se entendendo quando ela apareceu e ele foi preparar um milk shake e então eles descobriram que, bem, o assassino em série que prenderam não era o verdadeiro assassino em série.

Rosewood 1x10 s01e10

Eu confesso que por um tempo desconfiei do Neal. Sei o quanto o Rosewood gosta dele e ele parece até inofensivo, mas acho que é justamente essa parte do inofensivo que ficou me incomodando o episódio todo.

Tirei algumas fichas desta aposta lembrando de Donna falando que este assassino é alguém muito criativo e inteligente – não desmerecendo Neal, mas ele não se encaixa no perfil de super gênio do crime. Ser ordinário nem sempre é ruim.

E por isso eu também achei que foi fácil demais pegar Roger. Estava tudo muito planejado e Roger me parecia ainda menos provável que Neal. E aí a desconfiança voltou para Neal. O que será que eu não vi?

Falando de Villa e Mike: eu acho que Villa em ao menos percebeu que estava correndo da casa de Mike depois dele jogar a bomba do “estou desistindo do meu futuro por você” para cima dela por causa de Rosie, ela simplesmente correu porque era coisa demais para quem ainda nem apagou a mensagem do falecido marido do celular. Mas quando um olhou para o outro naquele balcão de cozinha, bem, ela percebeu que talvez o problema seja maior que o medo…

Só que agora ele disse que estava ao telefone com Kat, então é provável que ela pule nos braços do Mike para fugir disso e a confusão vai só ficar maior. Escutem o que estou dizendo. A não ser que os roteiristas me surpreendam e lembram o quão a amizade deles é importante.

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *