Bones: The Head in the Abutment (11×19)

Boreanaz pode ter sido um jogador de futebol americano na faculdade, mas seu amor pelo hóquei – e ele é apaixonado por hóquei – ficou claro pelo sorriso que ele carregou em cada uma das cenas em que ele esteve naquele rinque, não é verdade?

bones-the-head-in-the-abutment-11x19-s11e19

Assim como é muito Boreanaz/Booth ele ter deixado o tal goleiro ficar com a fama desta vez, afinal o cara precisava de algo positivo para conseguir sair do passado, não é mesmo? Booth é um dos personagens mais gentis da televisão e eu confesso que agradeço constantemente pela existência dele, ainda que eu ache que a série já foi longe demais.

Ah, e Brennan precisa pensar que uma centena de meias ocupa bem menos espaço que uma centena de livros – e olha que eu sou uma bookaholic, mas já migrei para meu Kindle e estou feliz com minhas centenas de livros carregados nele. Depois da chegada dele eu me desfiz da maior parte de meus livros, mantendo apenas os favoritos. E por maioria entenda ter me desfeito de centenas e ter guardado apenas meus Harry Potters (em inglês e português e as edições especiais) e mais uns vinte muito queridos.

E se desfazer de livros não significa jogá-los fora, mas permitir que outras pessoas também leiam suas histórias. Que eles continuem vivos por aí ao invés de parados na estante. Boa parte dos que “libertei” deixei em bancos de transporte público ou em locais como a Casa das Rosas em São Paulo, com espaços destinados ao compartilhamento de livros sem contrapartida.

O bom é que graças à Bones resolvendo colocar sua Mary Kondo em ação é que temos a fivela favorita de Booth, e nossa, de volta.

Foram momentos tão legais que eu vou dar um desconto ao absurdo de ninguém perceber que colocar um drone carregando uma cabeça pela cidade não era uma boa ideia.

Sobre o caso da noite: a despeito da cabeça voando pela cidade, fui surpreendida pela virada na história da versão hóquei de “maria chuteira” sendo revelada como uma traficante, mas não fui pelo fato do primeiro suspeito ser, ao final, o culpado. Ainda acho que, muitas vezes, a motivação dos crimes é tão idiota, as pessoas são tão idiotas, que fico irritada. Mas aí eu lembro que na vida real o que não falta, bem, são idiotas…

P.S. A frase da semana é da Brennan: “Please press the thumbs up button. I find imbeciles amusing.” (isso explica tantas curtidas em coisas imbecis na internet)

P.S. do P.S. Aubrey cada vez mais squint.

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Finalmente a barba de Hodgings foi feita Aleluia !

    E contra partida a Bones não larga a bota preta de cano alto de montadora, fala sério …. existe vários sapatos e botas por aí e ela só fica no mesmo figurino :/

    Digo que o Booth/Boreanaz é o meu forte motivo que continuo a série.

    Você sabia que o culpado é filho do Hulk da série, o Lou Ferrigno ?
    O cara não queria que a esposa ficasse presa por causa da filha e agora a filha vai ficar sem pai e sem mãe …. humpt

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *