Rosewood: Have-Nots and Hematomas (1×03)

Numa escala de “eu não gosto” a “quero dar na cara”, como é que você se sente em relação à Villa? Porque, preciso confessar, eu quero muito dar na cara dela.

A atitude dela é muito errada. A forma como ela falou com a psicóloga, a forma como ela falou com o suspeito, a forma com a qual ela faz a maior parte das coisas, a cara que ela fica ao longo do episódio. Sério, tem como trocar a parceira do Rosey?

Apesar de que, vou dizer: neste episódio ele também não deixou as coisas mais fáceis não com todo o drama da doença dele e coisa e tal. Porque ele tem a doença e eu sei que é série, mas no fundo a grande questão é que ele também não confia em quase ninguém e pisa na bola com as pessoas em que pode confiar.

Dito isso, eu confesso que não me vejo indo muito longe com a série, é bem provável que este seja meu último texto sobre ela, porque eu me chateio com algo que um ou o outro faz e desvio a atenção e, quando vou ver, já perdi cinco minutos de episódio.

Tanto que quando a Villa começa a falar com o tal jogador eu já estava tão desatenta que estava tentando descobrir como ele havia se envolvido com o crime e fiquei esperando que ela o prendesse, enquanto a moça só queria o carro emprestado para salvar o Rosey.

Que, aqui entre nós, sofre de falta de noção: quem dentro de um carro em altíssima velocidade aproveita para acusar e tirar a limpo algo com o criminoso sendo que este está ao volante? Ainda mais quando você tem um problema do coração e pode não sobreviver a um acidente?

Tudo bem, o final do episódio foi legal: Rosey deu um passo a mais com Kat e Villa finalmente admitiu que não está bem. Quem sabe esses dois deixam de ser tão cabeça dura.

Rosewood 1x03 s01e03

P.S. Muito legal o Rosewood se empenhar para ajudar o rapaz.

P.S. do P.S. Adoro a mãe dele.

P.S. do P.S. do P.S. Tá, eu ri da parte da Villa destruir o carrão do outro.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Tenho que admitir que ri horrores com a cena do informante Juju e a Villa fazendo o desmanche do carro 😀

    E Si, se você chegou até a 11ª temporada de Bones, dá para ver se o Rosey vale ir até o final !

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *