The Mysteries Of Laura: The Mystery of the Unwelcome Houseguest (2×11)

Photo from the episode "The Mystery of the Unwelcome Houseguest"

O Tony é lindo. E gostoso. Mas a grande verdade é que estamos todos nós, desde o primeiro episódio, torcendo pelo Jake, ainda que ele tenha pisado muito feio em mentir de novo para a Laura e trair sua confiança.

Só que uma bomba dentro de casa depois de horas sob a mira de um revólver é capaz de mudar a perspectiva então encerramos este episódio com o pobre Tony não tendo sido lembrado em nenhum momento ao longo de todo o dia e com a Laura percebendo aquilo que já sabíamos: os dois foram feitos um para o outro.

Abre parenteses Diriam as más línguas que é preciso algum terrorismo para acabar com  uma teimosia grande como a da Laura – e digo as más línguas só porque costumam me chamar de teimosa sem entender a influência que o sangue espanhol tem sobre uma pessoa. Fecha parenteses

Se já sabíamos desde o episódio passado que Jon não era o assassino, não imaginávamos que a moça da recepção fosse a assassina, menos ainda sobre a ligação do passado dela com Jon e seu pai. Sim, dava para desconfiar que ela havia aparecido demais no episódio passado e, a esta altura, já aprendemos que nada assim é desperdiçado no roteiro de Laura: a caneca com os doces não seria à toa.

Só estou torcendo agora para que Laura não demore demais para acabar com o sofrimento de Jake e conte que ele é o homem da vida dela.

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta