Bates Motel: Til Death Do You Part e Lights of Winter (4×03 e 4×04)

Bates Motel Til Death Do You Part 4x03 s04e03

Eu não sei se falo que Romero acabou cedendo e aceitando o acordo com Norma ou se foi Norma que cedeu e aceitou o imutável: desde sua chegada à cidade Romero tem sido a única pessoa com quem ela realmente pode contar e é impossível negar a química dos dois, então eles acabariam juntos, o que causou o casamento, no final das contas, é o de menos.

Outra verdade inegável é a verdade sobre Norman. Foi preciso chegar a um extremo para que a mãe realmente visse que era incapaz de ajudá-lo e que ele é sim um perigo para os outros – como se matar o próprio pai já não fosse um sinal claro disso, ainda que a violência que este praticasse pudesse ter colocado uma nuvem sobre o assunto. Do outro lado, para Norman fica cada vez mais confusa a ideia de que sua mãe é quem comete os crimes, ainda que seja uma mãe que apenas habita sua mente.

Claro que estar no hospital não ajuda nisso, ele se sente sozinho e traído, deixou isso claro para sua mãe, o que faz com que ele tente mais ainda culpá-la por tudo.

E ele o faz abertamente para seu médico. Neste momento eu não sei o que o médico está pensando, afinal ele não tem o verdadeiro histórico do problema de Norman, a mãe não disse toda a verdade ao interná-lo, ela apenas contou o necessário para conseguir o que achou que ele precisava.

Imagino que culpar os outros seja algo comum entre pessoas com problemas mentais que acabem sendo internadas, mas confesso um certo receio de Norman conseguir criar um caso contra a própria mãe.

Bates Motel Lights Of Winter 4x04 s04e04

E isso me deixa ainda mais aflita ao ver Romero e Norma juntos. Eu podia ter escolhido qualquer das imagens do final do episódio mostrando um Norman destruído e confuso, porque com certeza isso é muito importante, mas me apego a beleza da imagem do casal no meio do festival de inverno porque sei que essa alegria não vai durar nada.

E enquanto o Fetsival rolava eu me vi dividida: não me conformava do sanatório não entrar em contato com a Norma para falar da fuga, mas também não queria ver a alegria dos dois sendo estragada pela ligação. Até porque já tinha a ruiva do banco transitando ali e me dando arrepios na nuca.

Justificados quando eles voltam para casa e encontram tudo revirado. Acho que o esconderijo de Romero não foi descoberto, mas eu não sei o que ele fará com a tal chave: ele pode entregar para a ruiva e avisá-la para fugir para longe porque o FBI está chegando, ou ficar em silêncio e deixar que ela seja pega, o problema é que todo mundo nesta cidade parece estar amarrado em uma enorme trama de mentiras e vai saber o que ela tem dele.

Mais um motivo para eu torcer fortemente para o Dylan seguir para Seattle com a Emma – que ganhou muitos pontos por ter dito para a Norma respirar um pouco e viver para ela própria para variar – e deixar toda essa sujeira, morte e infelicidade para trás.

Agora, inegável mesmo é que Vera Farmiga e suas duas Normas estão roubando a série – sim, Freddie está ótimo, mas o que ela faz quando é a Norma da cabeça dele é outro nível de interpretação.

P.S. Guarda-chuva com luzinhas: preciso. PRECISO.

P.S. do P.S. Confesso que às vezes eu tenho pensado em largar a série só porque já sei que sofrerei horrores quando as coisas darem errados para a Norma.

P.S. do P.S. do P.S. Cara, só eu achei fácil demais fugir desse sanatório?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. O guarda chuva de luzinha, virou sonho de consumo, eu também quero.

    A Norma estava tão feliz, deu gosto de ver.

    Também achei a fuga do hospital muito fácil.

    Será que alguém terá um final feliz nessa história?

    Responder

    1. Todo mundo quer aquele guarda-chuva mesmo, né? Olha a oportunidade de negócio.

      Eu não lembro bem do filme, fiz questão de não reassistir quando a série foi lançada, então não lembro do Dyllan, por exemplo. Mas da Norma lembro… E isso até dói.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *