Bones: The Carpals in the Coy-Wolves (11×04)

Uma vez rainha, sempre rainha e Betty White brilha como a nova super estagiária do Jeffersonian – eu era uma estagiária sem diploma e esse povo aqui acumula conquistas acadêmicas – tornando tudo tão mais divertido. Não a ponto de salvar o episódio, mas aí seria demais, não é mesmo?

De qualquer forma é importante destacar a maior conquista de sua personagem: ela é bem resolvida, de sucesso e ainda assim um doce, simpática e divertida. Fácil entender os ciúmes que desperta, ainda que eu ache que a personalidade de Brennan desenhada pelos roteiristas ao longo dos anos não permitiria que ela se sentisse desta forma.

Já que falamos de loucas trocas de personalidade, o que dizer da mais nova dupla de amigos formada pelo insuportável Wells e o sempre divertido Hodgins. Os dois funcionaram juntos bem até demais, mas não dá para acreditar que aquele Wells fosse o mesmo dos comentários misóginos, infelizes e fora de lugar, dava?

E já que eu estou reclamando mesmo, risos, o que dizer da Doutor Mayer e Brennan achando que Brennan matou seu personagem principal porque a vida pessoal estava sem graça? Tipo, duas semanas atrás, Booth desaparecido, cunhado morto, muitas incertezas e a vida pessoal está sem graça?

Pelo menos nos pouparam de imagens de perto de Wells sem camisa. Ufa.

Bones The Carpals In The Coy-Wolves 11x04 s11e04

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta