Grimm: The Taming of the Wu (5×19)

Sim, o episódio chama The Taming of the Wu e ele é quase todo sobre o fato de que nosso amigo policial realmente foi contaminado pela blutbad com licontropia e agora é um lobisomem. Um lobisomem feio, é verdade, mas um lobisomem. Ao que parece, já que a doença é para wesens e não humanos, ao invés de se manifestar na lua cheia ela acaba sendo um sintoma aparente toda vez em que ele fica tenso.

Não é fácil lidar com algo assim e Rosalee com certeza vai encontrar uma forma de pelo menos amenizar isso, mas por enquanto Wu está por si só e eu aqui na torcida para que ele realmente consiga lidar com o problema.

Photo from the episode "The Taming of the Wu"

Agora vamos falar do que interessa: Diana e a fuga de Adalind.

Primeiro é importante dizer que Diana assusta. Na verdade eu acho que  até mesmo Renard está com medo da guria e a esta altura eu estou é preocupada com Kelly, já que não consigo ver “amor fraternal” nos olhos brilhantes dela.

A questão é que Adalind sentiu isso, acho que mais que todo mundo, e por mais que tenhamos uma raiva imensa dela ter fugido, imagino que pareceu a ela a única solução possível. A carta dela mostra que ela queria realmente proteger os filhos e Nick também.

Resta torcer, agora, para que quando a raiva baixar, porque o Nick vai ficar com muita raiva, ele seja capaz de entendê-la e quem sabe os dois conseguem trabalhar juntos para dar fim ao pessoal da Garra Negra – eu já imaginando Adalind uma perfeita agente dupla.

Agora, vamos combinar que quem mais pisou na bola foi o Meysner, que devia ter contado para Adalind e Nick sobre Diana e assim eles se antecipariam a toda encrenca que aconteceu depois. A pergunta que ficou pra mim, apenas, foi por que Diana só está conseguindo se comunicar com a mãe agora. Por que quando ela estava perto, mas com o pessoal da resistência, ela não o fez?

Sei lá, a impressão que fica é que não existirá final feliz para Adalind porque a menina é uma psicopatinha. Até a Eve ficou com medo dela, ela apenas não admitiu isso com todas as palavras.

P.S. Reggie Lee teve seu melhor momento na série ao acordar ensanguentado: a confusão e medo dele eram palpáveis.

P.S. do P.S. Acho que não é só da Diana que Renard está com medo, a cara de perdido dele demonstra que ele meteu os pés pelas mãos. Tudo seria tão mais fácil se ele e Adalind sentassem e conversassem com o Nick, a Rosalee, o Monroe, não é mesmo?

P.S. do P.S. do P.S. Quem vai aparecer na lista de comparsas que a Eve achou: a namorada do Hank ou seu irmão? Eu sabia que essa mulher era encrenca.

 

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. o Hank só se ferra com as mulheres, pelo menos com mulheres wesen, rapaz tá na hora de procurar por outras bandas !

    Responder

Deixe uma resposta