Grey’s Anatomy: At Last (12×23)

Chegando ao final da temporada – que passou voando, vejam vocês e ninguém do elenco morreu! – os roteiros começam a encerrar as tramas que não valem gancho para a temporada seguinte e também a jogar as sementes das histórias que nos deixarão na espera.

Entre elas a ideia de que Meredith e Riggs podem ser um casal.

Aqui entre nós, quando o ator foi anunciado após a morte de Derek, 9 em cada 10 fãs apostavam que ele seria o novo par romântico da protagonista. Eu apostei. Mas os roteiristas seguraram isto até o último minuto, o que foi uma ótima escolha, afinal a reação de Meredith ao relacionamento que ela iniciava com Torphe era esperada e foi muito bem usada. Então agora  a chance de virar namoro mesmo é maior.

Claro que estamos falando de Grey’s Anatomy e enates do beijo rolou um tremendo drama por parte da protagonista por conta de Owen vender o trailer que um dia abrigou o começo da relação dela e Derek, ainda assim a coisa não foi exagerada, ao invés disso tivemos um dia de mau humor da personagem, em que ninguém quer ficar por perto dela por tempo demais.

Na verdade as coisas todas foram meio complicadas neste dia no hospital: Kyle volta ao hospital e confirma meu palpite de que as coisas não acabariam bem para Edwards, acabando por não sobreviver a uma segunda cirurgia. Edwards conseguiu continuar insuportável, primeiro forçando sua presença e depois julgando as decisões de Amelia. Diga-se de passagem acho que as duas não voltarão a se entender depois desta.

E olha que eu também não morro de amores pela Amelia, mas o caso do Kyle me parecia bastante sem saída e ela deu o seu melhor para salvar o paciente. A grande questão é que merdas acontecem.

Amelia ficou chateada com a morte dele, com certeza, e tentou confortar Edwards, sem sucesso, mas a história acabou servindo para que ela e Owen, que começaram o episódio falando sobre hipóteses e acabaram ficando noivos de verdade. Achei legal que tenha sido ela a pedi-lo em casamento e já falei que ele me faz gostar mais dela, não é mesmo?

O drama da Callie e Arizona não foi esquecido e, na verdade, eu consegui odiar ainda mais a Callie com este episódio: como nos pareceu no episódio passado ela culpa Penny pelas decisões que tomou, agora que perdeu a guarda da Sofia não tem coragem de ir com a namorada para Nova Iorque e termina o relacionamento porque tem certeza de que ele não durará e ainda com cara de coitada na frente da Arizona. Sério, não dá para suportar.

Em meio a tudo isso só dá para entender a alegria de Richard ao ver a esposa no elevador porque, gente, o clima estava pesado.

Grey's Anatomy At Last 12x23

P.S. Sim, ainda tem a Bailey e o Ben, mas acho que os dois vão acabar se entendendo, apenas são cabeças dura demais.

P.S. do P.S. O caso do rapaz do acidente foi um tanto sem graça.

P.S. do P.S. do P.S. Eu nem falei nada do Alex e da chata da Jo porque acho que a história não acabou. Será como a April e o Jackson, eu achando que eles merecem coisa melhor e o povo todo torcendo pela felicidade dos casais.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Tirando o draminha da Apryl e Jackson, gostei dessa temporada, e como você disse: que bom ninguém morreu rsssssss.
    Meredith e Riggs, gostei, mas acredito que a Mer está entrando em outro triângulo, porque acho que em algum momento a irmã do Owen volta das cinzas. E também não podemos esquecer o mimimi do Owen que pode querer atrapalhar essa relação.
    Edwards está disparando o meu chatómetro toda semana, aff. E quem ela pensa que é para destratar a Amélia? Afinal, a Amélia pode ter vários defeitos, mas profissionalmente é competente. Que bom que o relacionamento dela com o Owen foi para outro patamar.
    Callie mostrando toda sua imaturidade no que diz respeito a relacionamento amoroso. Ela sempre decide precipitadamente e depois faz cara de cachorro que caiu da mudança, a eterna vítima.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *