Doctor Who: The Girl Who Died (9×05)

Vikings. Sim, um episódio em um passado bastante incerto para nós – afinal apesar de sabermos sobre a existência dos vikings, tudo foi a tanto tempo atrás que muita coisa é incerta – e com participação especial esperada por muita gente: Maisie Willians (de Game Of Thrones).

A atriz aparece como Ashildr, uma das garotas da aldeia em que Doutor e Clara desembarcam e que convive com um falso deus Odin. Como as temporadas anteriores da série já nos ensinaram: ser for monstro lendário ou deus, provavelmente a explicação é que é um extraterrestre. Dessa vez um que se aproveita da fé para conseguir as coisas que precisa e que aterroriza todo mundo.

Insistindo num traço que tem sido realçado na fase atual, o Doutor resolve usar a lógica e a verdade para impedir que o falso deus consiga o que quer, só que isso acaba resultando em uma guerra para a qual aquele povo definitivamente não estava preparado. E a despreparação dele dá um toque leve ao episódio, cômico mesmo, e o Doutor sorri, e Clara brinca e por um momento a gente se esquece de todo o resto.

Porém a consequência da decisão do Doutor de quebrar aquele fluxo de mentira é uma morte e uma morte que ele não somente sente como não aceita. Não porque Ashildr fosse especial, mas porque ele está cansado de perder pessoas – e aí coube uma explicação de Moffat para o uso desse rosto pelo doutor – afinal um ser imortal não tem como impedir isso.

Sendo extremamente impulsivo, esse um traço dele com o qual sempre convivemos, o Doutor salva Ashildr e lhe dá vida e imortalidade. E até mesmo uma forma de que ela possa escolher alguém para lhe fazer companhia para sempre. Só que ele se esquece que não é somente a maldição de perder pessoas que assombra um imortal: ele também vê mais horror, ele também vê mais decisões erradas sendo tomadas.

WARNING: Embargoed for publication until 00:00:01 on 13/10/2015 - Programme Name: Doctor Who   - TX: 17/10/2015 - Episode: THE GIRL WHO DIED (By Jamie Mathieson and Steven Moffat) (No. 5) - Picture Shows: ***EMBARGOED UNTIL 13th OCT 2015*** Clara (JENNA COLEMAN), Ashildr (MAISIE WILLIAMS) - (C) BBC   - Photographer: Simon Ridgway

Algo me diz que este é um dos casos em que a impulsividade do Doutor terá consequências trágicas.

P.S. Desconfio que foi o fim do óculos sônico. Vamos combinar que a chave de fenda funciona melhor mesmo.

P.S. do P.S. Uma Clara que parece um Doutor sem ser um Doutor. É isso que vejo todos falarem enquanto eu apenas acho que ela está arrogante. E acho que não sou só eu, só que eu acho isso apenas chato, enquanto o doutor acha isso perigoso.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. pra mim a explicação afinal do rosto do Doctor ser a mesma do episódio do Vesúvio foi bem colocada, gostei

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *