Supernatural: Plush (11×07)

Eita fantasminha assustador esse, gente!! E, olha, o de menos foi o palhaço assassino, aquele coelhinho foi bem pior, BEM pior. Na verdade, todos foram, esse negócio dos fantasmas não falarem me deixou aflita boa parte do episódio.

Do outro lado… Sam com medo de palhaço é sempre engraçado.

Supernatural Plush 11x07 s11e07

Além disso, quem não gosta dos episódios divertidos de Supernatural? Essa semana mesmo eu revi French Mistake. Leve, mas sem esquecer da escuridão marca da temporada: por conta do medo do palhaço Sam acaba contando ao irmão sobre os recentes pesadelos com a tal jaula presa por correntes e o Dean acha o mesmo que a gente.

Voltando ao lado leve: só podia ser um episódio divertido quando quem chama os Winchesters para o trabalho é a Donna. Uma Donna bem mais confiante e até de pretendente novo, mas a mesma Donna sem noção de sempre.

E seu chamado foi bem justificado depois de um cara vestido de coelho cometer um assassinato sangrento e ninguém conseguir arrancar a fantasia da cabeça dele. Quando finalmente conseguiram o rapaz não sobreviveu e aí demos de cara com aquela fantasia de teatro medieval e, então, com o palhaço tétrico. Palhaço tétrico em pleno hospital. Até eu teria medo.

Tudo por conta do tal fantasma vingativo que, quando era vivo, não tinha nada de santo.

Um daqueles casos básicos que os meninos resolvem de olhos fechados – e até agente dava um jeito, minha filha mesmo falou do sal antes mesmo do Dean tirá-lo da prateleira.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. o bom mesmo foi a cena em que o Dean faz imitação do Pernalonga e depois foi a vez do Sam imitando o Roger Habbit para tentar fazer o coelho falar

    heheheheheh

    Responder

Deixe uma resposta