Grey’s Anatomy: Guess Who’s Coming to Dinner (12×05)

Eu costumo dizer que meu problema com boa parte dos filmes do Spielberg é que eles acabam alguns minutos depois do que eles deveriam: A.I. deveria ter terminado no encontro da fada azul, Minority Report não precisava da cena com os carequinhas na cabana, Schindler não precisava do remendo do “herói” chorando e perguntando quantos ele teria salvo com uma abotoadura.

Pois Guess Who’s Coming to Dinner conseguiu a difícil missão de apresentar um episódio extremamente tenso com a delicadeza necessária e ainda uns pontinhos de humor aqui e ali que não destoavam. Episódio com cara de vida real quando ela é interessante.

Só que aí ele durou uns minutinhos além do que deveria e ver Meredith dizendo que aceitará Penny como sua residente me desceu mal. Sim, eu sei, Penny não é realmente culpada pelo que aconteceu, Meredith mesmo já perdeu pacientes e ficou julgando se tinha tomado decisões corretas mais de uma vez.

Só que Meredith olha para a Penny e vê a morte de seu marido de novo. Ela vê aqueles momentos que ela tão bem descreveu no episódio passado e escolheu, ESCOLHEU, continuar olhando para a cara dela todos os dias mais de 12 horas por dia.

Desculpem, isso não é superioridade, é troxisse mesmo – sim, acabo de criar uma palavra, criaram empoderamento, que é horrível, e não vejo ninguém reclamando.

Bom, mas como esse foi o pequeno detalhe do final desnecessário, e eu continuo adorando os filmes que citei acima, vamos falar do que nos encheu de orgulho nos 35 minutos anteriores.

Arizona bêbada. Sim, Arizona bêbada foi um dos alívios cômicos do episódio e foi simplesmente sensacional. No momento em que ela fala que poderia namorar a Perfect Penny eu ria alto. Já que Callie pode arrumar uma namorada, ainda que eu não saiba se vai continuar com a moça, está na hora de arrumarem uma moça linda e carinhosa para a Arizona.

Jô chata. Sim, Jô só aparece sempre nos textos porque ela é a namorado do Alex, mas nos últimos episódios está bem difícil gostar dela. No passado foi toda a história com a Stephanie, agora essa história teve continuação, e ela mereceu muito o que ouviu da colega, e ainda ela fica reclamando e reclamando e reclamando que é ignorada. O grande problema é que ela queria ser como o Alex é com os amigos antigos e isso ela nunca vai ser. Quem é ela para ficar na sala com a Meredith e a Maggie quando as duas falam de sexo? Ela ao invés de tentar conquistar o seu espaço, quer um espaço que nunca será dela.

Maggie sem noção. A mulher é médica e transou sem camisinha e depois pira. Preciso falar mais alguma coisa?

Alex melhor amigo. Sim, ver o Alex percebendo que algo não estava certo enquanto todo mundo nem notava Meredith meio psicopata foi a maior prova de que ele mudou e que acabou por se tornar uma ótima “person” para a Meredith.

Grey's Anatomy Guess Who's Coming to Dinner 12x05 s12e05 Meredith Penny

Penny. Cara, o que dizer? O hospital é enorme e ninguém ia conhecer o Derek? O cara era chefe da neurologia, ela namora a chefe da ortopedia, ia a um jantar com vários outros chefes de departamento e acha que está tudo bem? Além do que, duvido que a Callie não tenha falado o nome dos amigos, não tenha falado na casa de quem elas iam jantar.

Ela não deu bola, ela não quis dar bola e então está decretado que não, eu não poderei gostar de Penny, pelo menos não a médio prazo.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Lembro que adorei esse episódio, especialmente pelo Alex (não tem como não amar) e pela bela sacada de não usar trilha sonora. O clima do episódio é todo diferente… achei o máximo!

    Responder

Deixe uma resposta