The Good Wife: Mind’s Eye (6×14)

Dois episódios de que não gosto e começo a ter medo de que meus amigos que assistiram à temporada na agenda americana podiam ter suas razões para reclamar do andamento das coisas.

Primeiro porque eu não consegui ver uma pessoa sequer que gostasse dessa trama de Alicia concorrendo ao cargo de procuradora do estado. Segundo porque, ao que parece, se torcermos muito para algo acontecer, o roteiro vai no sentido contrário.

Como por exemplo Finn e Alicia. Não fosse por uma aparição de segundos neste episódios eu já estaria desconfiada que o ator abandonou a série.

Além disso, a trama parece estar levando Alicia para um lugar que nenhum de nós gostaria que ela fosse: mais parecida com seu marido do que poderíamos supor e perdendo sua querida ironia ferina que usava diariamente sem precisar se preocupar com o que os demais pensavam, Alicia ainda parece perdida em assumir a responsabilidade por suas escolhas.

Sim, quando ela disse para Cary e Diane há alguns episódios que ela quer ganhar ela meio que fez isso, tanto que adorei quando ela o fez, mas voltar a cada episódio à dúvida de ter feito a escolha certa começa a irritar um pouco.

Estou quase votando no Frank.

Mind’s Eye tenta trazer uma nova perspectiva, já que vemos como os vários personagens atuam na mente de Alicia, mas nos deixa ainda nas sombras sobre o que ela realmente pensa.

Pior, nos faz ver que ela atualmente dá mais importância ao que os outros pensam do que a qualquer outra coisa. E eu realmente prefiro a Alicia que não liga para isso, apenas quer viver sua vida.

Talvez o problema seja justamente esse: Alicia deixou de fazer o necessário para sobreviver a tsunami que mexeu com sua vida e passou a poder fazer escolhas e ela talvez esteja escolhendo os caminhos pelos motivos errados…

The Good Wife Mind's Eye 6x14 s06e14

P.S. Poxa, Canning vai nos deixar? Não esperava por essa.

P.S. do P.S. Eu realmente acho que poderiam ter espalhados momentos “sinto falta do Will” ao longo da temporada, não é mesmo?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

6 Comentários


  1. booooooooooooooooooooring …

    foi dureza ver este episódio de tão chatinho, o que leva agora a fincar o pé e torcer com alegria para que Frank ganhe

    pensa bem, o Frank não é vilão, ele quer realmente fazer diferença e é bem mais resolvido e político que Alicia …. meu voto vai pro Frank e pronto, e se vierem reclamar eu voto 2 vezes no Frank

    o Canning indo embora … será ?!?! bem que ele podia levar junto o David Lee

    Responder

    1. Olha, Alicia é bem mais legal do lado de fora, risos.

      Nossa, acho que eu não perdôo esse negócio de ainda colocarem o David Lee na empresa nova!!

      Responder

  2. Concordo, meu voto também vai para o Frank. A Alícia não tem nada que se misturar com política, pq ela está perdendo sua essência.
    Deram um fim no Finn rssssss, de repente ele era importante na trana, e de uma hora para outra sumiram com ele #chateada.

    Responder

  3. ufa! Achei q só eu tinha achado este episódio chatíssimo!

    A partir de amanhã seráo 2 episódios por vez.
    Pq a Universal enrola para começar a série e depois passa de 2 em 2? Ou pq já não o faz desde o começo?

    Responder

Deixe uma resposta