The Whispers: Hide & Seek (1×02)

O título do segundo episódio de The Whispers pode fazer referência a diferente situações: a relação entres as crianças e Drill, que se esconde quando adultos aparecem na mesma rapidez com que aparece quando o segredo dele está em perigo; a relação de Wes e Claire, que em teoria terminada, caminha na clandestinidade, seja por ele ter contado a Claire sobre o aparecimento de Sean como suspeito ou mesmo negando que tenha dado uma boa olhada nele, seja com Wes escondendo que ela está sendo vigiada; e ao próprio Sean, que carrega alguns muitos segredos, aparece e desaparece sem deixar pistas.

O segundo episódio então desacelera o ritmo dos acontecimentos do piloto, mas continua fazendo que que a gente dedique atenção exclusiva a telinha na tentativa de juntar peças.

Meu instinto me diz que Sean não é o bandido. Fico aqui pensando que Drill usa de seu rosto, provavelmente por conta do acidente com o avião, como se ele fosse a ideia de humano que a tal energia, ainda sem nome, tem. E claro que isso me remeteu a Doctor Who e ao episódio The Empty Child (Are You My Mummy?).

Então assumo que Sean está tentando impedir seja lá qual plano for da tal energia, mas ao mesmo tempo também está impedido de falar sobre ela – seja pelo medo de ser responsabilizado pelos acontecimentos, seja porque acha que será considerado louco.

Tal instinto me diz, ainda, que ele resolveu entrar no carro daquela médica porque quer ajudar a menina e sua mãe. Assim como me diz que ele ainda fará muitas escolhas erradas antes de sabermos exatamente o que ele pretende.

The Whispers Hide And Seek 1x02 s01e02 marca no chão

A marca no chão? Inicialmente eu pensei que ele havia visto algo naquele chuveiro e então desenhou a marca no chão e depois em seu braço, mas como ela parece mesmo uma tatuagem talvez tenha sido o caminho contrário: ele a pintou no chão na esperança de que Claire a veja? Mais um caso em que acho que ainda vamos juntar várias delas antes de ter qualquer resposta.

Claire e Wes: gente, sério, não é que eu torça pelos dois, mas só de olhar o bico da mulher dele e vê-la de mimimi eu já considero o casamento falido, junte-se a isso a química dos dois naquele encontro na rua e, pronto, nada mais lógico para mim do que vê-los juntos.

O que pode realmente dificultar as coisas: Claire está tremendamente dividida, não sabemos quem deu ponto final na relação dos dois, porque ela estava tentando refazer seu casamento, provavelmente se sentindo culpada, quando o marido desapareceu e agora ela enxerga uma segunda chance, ainda que o fato do moço está relacionado a crianças fazendo maldades não ajudar nada.

Dúvida do dia: aquele caso descoberto pela Claire, do menino e a bomba, alguém lembra quando ele aconteceu? Fiquei tentando lembrar e fiquei com a impressão de que ele teria acontecido antes da queda do avião de Sean.

Para piorar tudo agora temos Minx fugindo de casa – Gente, sério, Wes me soa tão falso, tão caricato, quando está com a sua família ou mesmo em sua primeira aparição no deserto. A cena dele tentando conversar com a filha foi de dar vergonha alheia. – e com isso devemos ver Wes ainda mais desesperado e pressionando ainda mais Claire, o que indica que eles não vão economizar em tensão já nesta primeira temporada.

E, aquele momento em que eu pergunto: quando Claire vai perceber que as crianças com quem Drill faz “amizade” estão todas relacionadas a segredos do governo?

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta