Bates Motel: Unbreak-Able (3×04)

Acho que foi no texto passado eu escrevi sobre o quão terrível é torcer por personagens que você sabe que vão se dar mal no final, mas esse episódio é que foi o símbolo disso.

Dylan ajoelhado pedindo ao irmão que não contasse sobre a presença de Caleb na fazenda, depois de chorar ao ser abraçado pela mãe e por ela depositar tanta confiança nele a ponto de lhe entregar o tal pendrive, partiu meu coração mil vezes.

Assim como a respiração falhou quando Norman perguntou a Emma sobre o que ela sentia quando seu pulmão falhava e eu fui capaz de vê-lo tendo prazer em submetê-la a isso.

Ao mesmo tempo em que me sinto assim, tenho a certeza de que é impossível terminar de forma diferente, a família toda está fadada a tragédia.

E fadada a procurar uma saída, o que faz Norma olhar para aquele pendrive como se ele fosse sua tábua de salvação, da mesma forma que tenta retomar o controle sobre o filho caçula, que tenta de todas as formas protege-lo.

Não deixa de ser irônico que sua paranoia em relação como sua mãe o ama esteja aumentando em medida equivalente.

Bates Motel Unbreak-Able 3x04 s03e04 Dylan Caleb

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. fico impressionada com esse menino que faz o Norman, a cada episódio é crescente o nível de instabilidade do personagem que assusta

    pobre do Dylan 🙁 , está bem no meio de malucos e ele sendo a pessoa mais normal e com possibilidade de ter uma vida mais equilibrada e feliz

    a Emma deve tomar cuidado e abrir os olhos pois sua situação é a mais frágil de todas, e não falo da saúde

    e a briga está evoluindo entre o xerife e os poderosos da cidade

    Responder

Deixe uma resposta