Person of Interest: Mors Praematura (3×06)

Como eu fui esquecer de falar de Carter mostrando pro Laskey que ele é só um tolo achando que é esperto. Eu confesso que, no episódio passado, fiquei morrendo de medo dela não ter descoberto que seu parceiro era um traidor e precisasse ser salva por Reese e Harold, mas ao contrário disso ela deu a primeira lição sobre corrupção para o moço.

E neste ele já teve a segunda, dessa vez da própria HR, que fez com que ele enterrasse um amigo de infância  a sete palmos, não menos.

A decepção foi tanta que ele acabou entregando mais um pedaço da verdade: a HR está enchendo a polícia de meninos russos leais, dando mais poder a máfia russa. Sabe, fico aqui pensando: bandidos sempre se ferram por excesso de ego, não é mesmo?

Se acham os mais espertos, os mais inteligentes, aqueles que podem ganhar de todos, que podem ter todas as vantagens. Esquecem que são passíveis de erro e, principalmente, que se associar a outros bandidos que se acham mais espertos e mais inteligentes que eles só pode dar errado.

Falando de outra mulher que dá os seus pulos: Root. Achei engraçado que a máquina tenha acabado colocado ela e Harold no mesmo caso, só queria que tivesse ficado mais claro se a “convocação” de Shaw foi coisa dela ou se a máquina lhe disse o que fazer – assim como lhe deu as demais ajudinhas para que elas conseguissem enganar a CIA.

Person of Interest: Mors Praematura 3x06 s03e06

Bom, de um jeito ou outro Root terminou o episódio presa na biblioteca de Harold com uma tornozeleira eletrônica no pé. Que eu acho que ela tira bem fácil, viu?

Ah, claro que eu tenho que falar: o Sloan volta quando?? Todo fã de Fringe ainda se recente, mesmo depois de anos da série encerrada, pela morte do personagem de Kirk Acevedo na série e fica na torcida para ele emplacar em outra série.

Por mais que eu ache que o elenco já está bem lotado, ainda mais porque começamos só com dois, eu não ia me importar de Sloan ajudando esse pessoal a achar o que ninguém mais acha no campo real – já que Harold e Root são especialistas em campo virtual e Shaw e Reese são bons em quebrar pessoas.

Carter nestes tempos está cuidando dos próprios problemas e Fusco mal aparece.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta