Grey’s Anatomy: Puzzle with a Missing Piece (11×02)

Eu fiquei aqui tentando lembrar de como eu me senti quando Lexie apareceu, afinal hoje eu só conseguia pensar no quanto fiquei triste quando ela nos deixou. Infelizmente a memória não ajuda muito e eu não tenho textos dessa época. Quando eu finalmente achei algum texto dessa fase inicial era quando finalmente Lexie começava a se aproximar de Meredith.

Mas algo no fundo me diz que eu não gostei da Lexie. Se me lembro bem eu reclamei muito da época em que aquele bando de residentes chegaram chegando ao hospital.

E eu estou aqui recuperando tudo isso por causa do que? Sim, Maggie. Maggie Pierce não é muito fácil, chegou substituindo uma personagem adorada e ainda trouxe de bônus o fato de ser a filha abandonada de Elis Grey. Vamos combinar que é coisa demais para a moça que, acredito eu, deva estar sendo odiada por metade dos fãs da série.

Eu gosto da Maggie, ainda que ela não seja do tipo “gostável”. Ela fala mais do que deve, mais alto que deve, protege demais o seu espaço, pré julga pessoas. Só que ela está sozinha, sem família, jogada no meio de um hospital em que o povo não bate muito bem e m que ninguém faz muita questão de ser simpático, além de todo mundo já funcionar bem junto há tanto tempo que não lembram como é chegar agora.

Dito tudo isso, que já rendeu muito mais do que eu normalmente escrevo num texto inteiro sobre um episódio, ela não poderia ter escolhido momento ou jeito pior para jogar na cara da Meredith que ela é a irmã que ela nem imaginava existir. E ela esperava o que? Ganhar um abraço?

Grey's Anatomy: Puzzle with a Missing Piece (11x02)

E olha que ela teve tantos ganhos ao longo do episódio, quando descobriu a tal da mutação genética, e ainda se aproximou da Bailey, melhor pessoa daquela equipe, quando Amelia se sentiu a vontade para falar besteiras perto dela, quando ela salvou aquela moça da morte quase certa. A gente nem vai falar do peixe cantor que os pais mandaram de presente, né? Quer dizer, eu queria saber que peixe era… Será que era por causa da cidade dela?

Bom, a grande questão é que vida é o que acontece enquanto estamos esperando algo acontecer. E, definitivamente, a vida de Maggie vai mudar muito daqui por diante, então melhor ela ficar atenta. E quieta de vez em quando.

P.S. Alex merece a cadeira no  conselho, sorry Bailey. Mas a Bailey merece o laboratório dela, merece mesmo!

P.S. do P.S. Callie e Arizona: por que Shonda? Por que? Deixe-as em paz!

P.S. do P.S. do P.S. Fiquei pensando muito nessa história da Maggie falando de Meredith para o Richard. O fato dela ter adotado uma órfã africana com defeito no coração compensa o fato de que às vezes ela é muito estúpida – a adoro, eu sou do tipo estúpida. Eu não saberia dizer. Na verdade somos todos assim, um conjunto de manias, defeitos e qualidades. Espero que eu na tentativa de sermos pessoas melhores.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. Porque os policiais é de ação estão na categoria drama? Queria também saber se series brAsileiras como Dupla Identidade ou Plano Alto não entram.
    Estou fazendo uma Pesquisa sobre isso, agradeço desde já a resposta.

    Responder

    1. Luiza, a classificação das séries segue o modelo americano em que são classificadas conforme as categorias dos grandes prêmios de televisão: drama, comédia, sci-fi, teen.

      Não assisti a nenhuma das duas séries citadas por você.

      Responder

  2. Eu gostava tanto da Lexie que queria que a Meredith saísse e o Grey do título passasse a se referir à Lexie (sempre – ou quase sempre – detestei a Meredith).

    Entendo a Maggie exatamente pelas razões que você expôs… não a odeio.

    Fiquei chocada com a reação da Meredith, mas depois, pensando melhor, fez todo o sentido. Eu teria reagido do mesmo jeito.

    O defeito da Zola não é no coração, é espinha bífida. 😉

    Melhor cena: http://13scenarios.tumblr.com/post/99164398335 😛

    Responder

    1. Verdade, me confundi toda!

      Sem sombra de dúvida: melhor cena! Essa e a Amelia falando sobre o tal sexo de causar AVC.

      Gostei da Lexie desde o início, mas lembro que a Meredith também demorou a aceitá-la.

      Responder

Deixe uma resposta