Hannibal: Mizumono (2×13)

Nada é o que parece ser. Depois de passarmos duas temporadas em busca de pistas que nos permitissem enxergar através da pretensa loucura de Will, por aquele acontecimento que permitiria que o vilão, ainda que inteligente demais para que não gostássemos dele, fosse pego, qualquer coisa que tivéssemos conseguido foi jogada fora e uma nova história começou.

E, depois de uma luta incrível, de gente demais ferida, encerramos a segunda temporada com o choque de não só ver Hannibal em fuga, como pela companhia que ele tem no avião. Nada será da mesma forma na terceira temporada.

hannival mizumono 2x13 s02e13 mads

Então foi bastante justo que o episódio fosse marcado por uma chuva torrencial, afinal é o tipo de chuva que leva tudo com ela pelo caminho – lágrimas, dor, sujeira.

Outra marca do episódio foi o barulho do relógio, graças a isso a impressão geral era que cada minuto do episódio durava uma eternidade.

Finalmente, mas com certeza não menos importante, pudemos confirmar que a afeição que Hannibal criou por seu relacionamento com Will e Jack era verdadeiro – não me atrevo a dizer que sua afeição por eles era verdadeira, afinal psicopatas não tem sentimentos por outras pessoas – a ponto dele pedir a Will que eles parassem. Um apelo que não ficou sem eco em Will, que pediu que ele fugisse, neste caso eu também não falo de afeição, acho que na verdade Will se tornou um viciado em Hannibal, dependente.

Abandonadas as tentativas de tudo ficar bem – um bem irreal e torto, sabemos – temos os confrontos. Alana e Hannibal – e, gente, ela merecia morrer depois de não ter checado a arma -, Hannibal e Jack, Hannibal e Will.

Lutas cruas, ainda que graficamente bonitas. Lutas frias, ainda que carregadas dos sentimentos que citei acima.

Ainda assim, são os diálogos que levamos conosco, tudo que “achávamos” até aqui na boca de Will ou de Hannibal. O plano elaborado, o entendimento de que, a partir daqui, não existem mais máscaras.

Os produtores e roteiristas cumprem parte do acordo: vocês tem algumas importantes respostas. Mas as outras, vocês só terão se voltarem.

P.S. Mil desculpas para a Ana Victoria, que me enviou um email. Eu não respondi achando que logo publicaria o texto, depois demorei uma eternidade e esqueci de responder o email. Desculpas sinceras!!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. episódio perfeito como uma dança !
    conflitante, morre ou não morre … vishheee pensei que o cast fosse buraco a baixo

    e surpreendente ver a companhia de Hannibal no final o.O

    e é claro que volto quantas vezes for pela série \o/

    Responder

Deixe uma resposta