Revenge: Execution (3×22)

Pronto, é isso aí. Acabou. Deu. Fica pra próxima. Quem sabe um dia a gente se vê. Confesso ter sentido um alívio absurdo com o final deste episódio de Revenge porque, se eu procurava motivos para continuar, bem, os roteiristas capricharam nos motivos para que eu me mantenha bem longe.

Revenge: Execution (3x22)

Vamos ver só: depois de executar o plano da confissão, coisa que ela podia ter feito na primeira temporada como algumas pessoas bem pensaram, Emily resolveu ir atrás de Victoria usando de sua antiga terapeuta, o que ela não podia imaginar é que Victoria estaria juntinho do seus passos e tinha preparado sua própria vingança para a ocasião.

E ela veio na morte de Aiden. Victoria, aquela que na última temporada estava se tornando quase uma santa conduzida pelos fatos, os roteiristas gastaram um tempão tentando nos convencer disso, se torna a assassina da noite, sufoca Aiden e se mostra mais fria do que Conrad poderia ser. Justo ele, que foi pintado como o grande vilão todo esse tempo.

Motivo para se tornar assassina? Porque por causa da Emily ela perdeu seu único grande amor. Olha, gente, a coisa ficou tão incoerente que eu nem sei como eu falo para vocês desse absurdo. A série começou lá atrás nos mostrando que David era o grande amor da vida de Victoria, aquele que a libertaria de tudo – quem lembra? –  e de repente Pascal, o vilão de quem ninguém tinha ouvido falar até 5 episódios atrás, vira o grande amor. Morre porque Conrad é um belo filho da mãe e Victoria culpa quem? Emily.

Não satisfeitos com esse duplo twist carpado, os roteiristas foram lá e trouxeram quem dos mortos? Sim, David Clarke está vivo e, ao que tudo indica, é um grande vilão. Pronto, kabum, esqueça tudo o que você viu até agora e aproveite essa nova viagem. Sugerimos o consumo de drogas a fim de evitar enjôos.

Impressão minha ou este episódio é o primeiro episódio de outra série? Porque tá difícil de engolir como episódio de Revenge mesmo.

Sim, algumas coisas tinham a cara da nossa velha Revenge, tipo o Jack indo para a cadeia pelo sequestro da Chatalote. Porque o Jack SEMPRE se ferra no final da temporada.  Coitado.

Olha, o episódio podia ser só a Emily colocando a Victoria no hospício, coisa que ela também podia ter feito na primeira temporada, e saindo sorridente. Pronto. Dez minutos de história, seguimos em frente. Chama o próximo.

P.S. Aiden morreu por motivos de não pensamos direito e ao transformarmos a Margeaux em vilã o Jack ficou sobrando e precisamos juntar ele com a Emily de novo.

P.S. do P.S. A gente pagou o salário do ator que faz o David Clarke todo esse tempo e achamos que devíamos colocá-lo para trabalhar e justificar o dinheiro gasto.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

9 Comentários


  1. Também odiei cada minuto deste final. Concordo com tudo que você escreveu. Não deu para entender porque culpar a Emily se o Aiden foi morto pelo Conrad. Outra coisa, o amor da Emily pelo Aiden me pareceu tão forçado, até pouco tempo atrás, ele era apenas o cara apaixonado por ela e usado por ela, de repente começou essa história de “eu te amo”. Aliás eles forçaram em barra em tudo praticamente. Além disso, com a chata da Chatalote na série, vão matar o Aiden? Só para juntar Jack e Emily? Pelamordedeus!
    Começou outra série, agora vai ser Emily tentando se vingar do pai, por ter perdido tanto tempo vingando sua morte e ele não estava morto!

    Responder

    1. Olha, foi um misto de ódio, porque foram 3 anos acompanhando a série, e alívio, porque do jeito que fizeram nem culpada eu ficarei de abandonar.

      Responder

  2. KKKKKKKKKKKKKKK!!!!!

    Caríssima Simone, desculpe, mas este foi o seu post mais divertido! Eu nem assisti, ainda, à 3ª temporada, porém uma amiga minha me avisou, quando Revenge estreou, na Globo, que a série tomaria o rumo do abismo, pois ela já conhecia o programa e eu não.

    A sua indignação é tamanha, que eu consegui imaginá-la, diante do computador, teclando, furiosamente, enquanto fumaça tomava conta do recinto, onde você estava.

    Desculpe-me, mas este post está hilário! Só falta você ir para Hamptons se vingar do pessoal de Revenge. Imagine a cara deles com outra “Emily Thorne”, no pedaço, querendo a cabeça de todos?

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!

    Responder

    1. Oi Gabriela, eu acho que acabo assistindo a algumas séries das quais nem gosto só para poder fazer comédia, exercer meu lado escritor que não virou profissão :p

      Agora, não duvide que eles colocarão uma outra Emily no pedaço não, só que eu não estarei lá para ver!

      Responder

  3. Demorei alguns dias para postar um comentário, poque estou com tanta raiva dessa série, que nem sei…

    Como assim, o Aiden morreu!!!!!!!!!

    Como assim, o David está vivo!!!!!!!!!!!!!

    Como assim, a Charlote continua viva!!!!!!!

    Para esse ônibus que eu quero descer. Fui……

    Responder

  4. Odiei o Aiden ter morrido, torcia muito por ele e pela Emily. Achava a união que eles tinham muito lindo! Acho que na quarta não verei mais!

    Responder

Deixe uma resposta