Scandal: Ride, Sally, Ride (3×11)

Não é uma das minhas favoritas de Lou Reed, mas impossível não colocar o link aqui com a óbvia referência que dá nome a este episódio de Scandal, não é mesmo?

 Scandal: Ride, Sally, Ride (3x11)

Gente, eu nem tenho como torcer mais pela Sally, mesmo com a personagem defendendo bandeiras que eu abomino, pelo simples fato de que eu não posso torcer menos por Quase-Kennedy. Na verdade eu pego cada vez mais bronca dele. Dele, do Cyrus, da Mellie, da Olivia, afff, tô quase odiando o elenco principal inteiro.

Ainda bem que temos David e James para salvar o dia: James flertou com o lado negro e até pensou que conseguiria seguir em frente, mas mocinhos são mocinhos e eu só não torço mais por esses dois porque, estranhamente nada verdade, o lado dos bandidos é justamente o tal elenco principal de que falei antes.

E o jeito de acabar com a nossa alegria provavelmente estará ligado ao fato de James não conseguir ficar quietinho e agir por debaixo dos panos sem envolver alguém da imprensa. Por que o bonzinhos tem de sempre meter os pés pelas mãos?

Ainda assim acho que termos uns momentos de agito para o pessoal da Casa Branca com o novo vice-presidente, alguém bem fiel à Quase-Kennedy, mas principalmente fiel à Mellie. Já pensou se os dois resolvem planejar o assassinato do presidente? Nesse caso eu bem ia torcer por eles.

Da parte que fica ilógico: em uma hora Quase-kennedy está beijando Olivia, na outra está aos berros e a gente sem entender quando foi que os dois reataram, ainda mais considerando a fuga da mãe de Olivia. Pois bem, o casal chato agora também é bipolar.

E a raiva é tanta que eu nem consigo ficar feliz pela moça dar uns beijos no Jake. Primeiro porque eu não consigo ver um motivo para que ele se apaixone por ela, segundo porque eu ia me divertir muito se ela tivesse que entrevistar candidatos indicados pela Mellie para o ‘cargo’.

Finalmente, mas com certeza não menos importante: Eli. Ele sai do posto de pessoa odiável para personagem favorito pelo qual eu mais torço e eu estou louca para ver  o que ele será capaz de fazer com Quase-Kennedy e Olivia-Papo. E seu plano já está em andamento…

P.S. Começamos com os momentos bolsa-na-frente e casacos largos para disfarçar a gravidez da atriz principal. Até aqui, tudo bem.

P.S. do P.S. E a gente esperando aparecer um assassino e aparecendo uma amante, faz como?

P.S do P.s. do P.s. Alguém tira a peruca da Mellie, faz favor.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta