CSI: Consumed (14×20)

Que episódio mais estranho, não foi mesmo? O começo deste episódio de CSI já denunciava que o que veríamos a partir dali seria um tanto diferente do que estávamos acostumados. O que não deixou de ser irônico se considerarmos que a série é exibida no mesmo dia em que assistimos à Hannibal.

csi consumed 14x20 s14e20

Saem as cenas de embrulhar o estômago da série séria das onze da noite, entra o modelo contratado para ficar ali deitado cheio de gelatina em formato estranho sobre sua barriga. Sai nosso educado e elegante doutor e temos Gary Korlov, o homem que sonha ser “consumido” e que ganhou os trejeitos e manias do sempre querido Steve Valentine.

Sem esquecer da tal moça que ajudava a todos engolindo a câmera do endoscópio só por bondade – afff!!! – e do tal site que reúne pessoas com os mesmos, chamemos assim, gostos.

Se a investigação não foi muito diferente daquilo que sempre, mas a estranheza do caso foi suficiente para manter nossa atenção e fazer com o o episódio acabasse se saindo melhor que a média da temporada.

Pena que o final tenha ficado um tanto estranho: o canibal arrumou a pessoa perfeita para levar a culpa ou era mesmo o guardinha de segunda? Será que um dia saberemos ou vamos ficar com a eterna impressão de que eles simplesmente não sabiam como terminar essa história?

P.S. Nick canibal, não, não daria certo.

P.S. do P.S.  Passaram tanto tempo nos convencendo de que Eckley é um cara legal que soa estranho ele dando uma de político-egoísta…

P.S. do P.S. do P.S. Sim, o canal Sony inverteu a exibição dos episódios, parece que na segunda ele exibirá o 19.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta