Supernatural: Slumber Party (9×4)

E como enfrentar demônios e anjos está fácil demais, o que vocês acham de trazer a Bruxa do Oeste para dar uma passadinha pelo bunker? Esses são os roteiristas de Supernatural totalmente inspirados preparando um episódio de Halloween cheio de magia. Adoro!

supernatural slumber party 9x4 s09e04

E não me venha reclamar que foi filler e cadê Bartolomeu e Abbadon, porque agora a gente tem essa Dorothy linda aí de cima, filha de um Homem das Letras, e uma caçadora de primeira. Melhor ainda: temos Dorothy e Charlie para alegrar o dia.

O retorno de Charlie por si só já era garantia de boa história – uma pena que sua ida para Oz deixe mais longe ainda o dia em que eu a veria ao lado dos meninos como personagem regular -, ainda mais quando ela chega contando que andou caçando monstros por aí e fala aquilo que todo mundo que assiste a série já sabe: a vida de caçador é bem menos glamourosa e bem mais infeliz do que a gente vê nos outros seriados por aí. Que dizer então de filmes e livros, não é mesmo?

E é bem quando nossa amiga está um tanto desanimada que Dean derruba uma garrafa aonde estavam presas a Bruxa do Oeste (do Norte? do Leste? não lembro da história direito, vou lá assistir ao filme de novo) e Dorothy. Sim, a história é verdade, mas não exatamente da forma que nos contaram. Aí temos aquele momento inception em que os meninos e Charlie falam dos livros Supernatural e Dorothy revela o lado verdadeiro do pai machista. São essas coisas que deixam os fãs de sempre felizes, não é verdade?

Agora, uma verdade é que a Bruxa do Oeste é bem pior do que as bruxas do lado de cá da porta e deu um trabalhão aos meninos, chegando a matar Charlie e fazer Dean ter de escolher qual favor ele queria de Zeek. Gente, Dean se enrola cada vez mais e eu estou para ver o dia que o Zeek vai nos contar que “desse corpitcho não saio mais”. E a cada dia que passa a força da porrada que o Sam vai dar no irmão triplica.

Charlie salva, Sam enganado, de novo, é Charlie que acaba encontrando a resposta para dar um jeito na bruxa – acredito que O Mágico de Oz era o livro favorito dela na infância – e decide ajudar Dorothy em Oz a acabar com a maldade. As duas formam um casal lindão, não é mesmo?

Agora, aqui entre nós, os meninos aceitaram fácil demais que Oz existe de verdade, não foi não?

P.S. As participações de Crowley andam mínimas, mas deliciosas!

P.S. do P.S. Jared está suando para mudar de Sam para Zeek, dá até dó do menino.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. eu fico super feliz em ver sacadas que só esses meninos Whinchesters conseguem nos proporcionar na série … em que outra série podemos ver os personagens caracterizar os diferentes tipos de fãs de Game of Thrones, como Dean que faz maratona da série e o Sam que não quer saber de spoiler pois está lendo ao livro

    gente eu adoro esse povo que faz Supernatural <3

    Responder

  2. Esse episódio entrou pra lista dos meus favoritos. Foi filler? E quem se importa? E ah, esses dois já viram tanta, tanta coisa que aceitar Oz é fácil! Depois que Dean teve que aceitar que anjos existem, acho que ele nunca mais duvidará de nada. 😛
    Charlie é sempre muito amor! <3

    Responder

Deixe uma resposta