The Good Wife: The Seven Day Rule e Red Team/Blue Team (4×13 e 4×14)

Epa, e não é que tinha mais coisa na prateleira do ano passado e eu nem me toquei? A desculpa é: eu perdi o episódio no dia exibição e fui assistir somente nas férias, já longe do computador.

The Good Wife: The Seven Day Rule 4x13

No final das contas os dois episódios funcionam até que bem sendo avaliados juntos, afinal a grande questão deles não é quem ganha que caso, mas qual o futuro de Alicia e Cary na firma, rendendo um dos melhores momentos da protagonista quando ela percebe que o convite tão desejado para ser sócia não passa de manobra para conseguir dinheiro para a firma. É aquele momento em que percebemos que a personagem pode ter amadurecido muito, mas ainda lhe falta um tanto de jogo de cintura para lidar com a vida real.

Jogo de cintura que Cary tem de sobra quando o assunto é trabalho: saber até onde ir em uma mentira, na manipulação de uma situação, é uma vantagem competitiva no mundo em que eles vivem e ele demonstrou fazê-lo muito bem ajudando David Lee a conseguir bastante dinheiro para a firma no tal acordo pré-nupcial.

Falando de David Lee: quem mais achou que foi joguete esse negócio de ser ele a dar a notícia do dindin que voaria de Alicia para a firma? Porque foi uma maneira ótima de deixá-la feliz, contar para todo mundo do convite e depois não recuar. Eu não disse que jogo de cintura é vital nesse mundinho deles? O julgamento da prorrogação de prazo foi mais uma prova disso: Canning é muito cara de pau ao usar sua doença sempre que lhe interessa. Pontos para Diane e Will que conseguiram virar o jogo.

Do outro lado, Alicia teve ótimos momentos quando seu ateísmo entrou em pauta, deixando Eli e Jordan com cara de “ué”. Particularmente eu acho que esse povo da política às vezes perde ótimas oportunidades para sacudir o ambiente e ser diferente, renovar, ter o elemento surpresa. A reação de Alicia me fez sentir falta da “ideia” de uma grande amizade entre ela e Maddie. Eu realmente acho que a amizade poderia sacudir um tanto Alicia e deixá-la mais impetuosa.

P.S. Cada vez que Canning acena com uma proposta para Alicia eu torço tanto para que ela aceite! Primeiro porque seria uma dinâmica bem legal vê-la fora da Lockhart, segundo porque eu teria mais Michal J. Fox arrasando na tela.

the good wife Red Team/Blue Team  4x14

Red Team/Blue Team embarca de vez na tensão de Alicia desde o convite para sociedade: como era óbvio para nós tudo fazia parte de um esquema para conseguir dinheiro e, agora que ele não é mais necessário, não precisam se sócios a mais para dividir o bônus. Eu particularmente não sei como é que os sócios não imaginaram que enfrentariam a crise dos associados infelizes, era óbvio que viria bomba. Do outro lado, eu não sei como é que os associados não imaginavam que isso poderia acontecer, mas aqui eu dou do benefício do ego.

Questão é que a retirada do convite deixou o clima explosivo e foi bom demais ver Alicia e Cary se unindo em torno desse sentimento, o problema é que a alegria durou pouco e lá foi nossa amiga meter o pé pelas mãos e aceitar o convite que em teoria vai enfraquecer os demais associados. Cary falou que ela foi inteligente, eu sei que Alicia não é mais novinha e esse convite significa alcançar o ponto em que ela estaria na carreira caso não tivesse ficado em casa com os filhos, mas aceitar sem enxergar que se trata de outra estratégia e sem considerar que mesmo ao fazê-lo David Lee a humilhou dizendo que ela foi escolhida porque o marido pode ser o próximo governador é simplesmente não se dar valor.

Bobinha Alicia! Bobinha!

Ah, sim, o julgamento falso? Delicioso! Eu não digo que Alicia fora da Lockhart pode ser uma das melhores coisas para essa série?

P.S. Eli usando a escuta da justiça para tirar o seu da reta: não tem preço.

P.S. do P.S. Will é um bobo. Só consigo pensar isso. Bobo de achar que o fato dele não estar na reunião serve de desculpas. Bobo de tascar um beijo agora em Alicia depois de ter sido passivo por tanto tempo esperando que ela resolvesse tudo sozinha.

P.S. do P.S. do P.S. Melhor episódio da temporada!

 

 

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Eu acho que a Alícia está mais madura, por isso não acredito que ela foi boba ao aceitar a oferta do David Lee, acredito que do jeito dela, acabou sendo inteligente. Porque a gente já sacou que no mundo do direito, o que vale são os fins, não importando os meios para se conseguir algo.

    Concordo que ela deveria ir para outro escritório, mas acho que os roteiristas estão esperando o momento certo para isso acontecer, ou seja, quando eles acharem que o público está cansado da história. Aí eles vão dar uma guinada na carreira dela.

    Responder

Deixe uma resposta