Agradecimento e gratidão…

20130517-160551.jpg

“Foi em uma conversa com ele que eu comecei a entender uma diferença sutil, mas fundamental, entre agradecimento e gratidão. Agradecer é um ato, tem a ver com educação, reconhecimento e justiça. Gratidão é um sentimento, é algo que se carrega no peito, que pertence à pessoa como um valor, uma filosofia de vida. Um agradecimento sincero eleva a qualidade das relações entre as pessoas. Gratidão faz mais que isso. Eleva a qualidade humana de que a tem.”

O trecho acima faz parte de um texto de Eugênio Mussak publicado na revista Vida Simples de Outubro. Quando eu o li lembro que meu coração se encheu de contentamento.  O texto me tocou de uma forma engraçada, porque nele eu fui identificando algo que eu tenho sentindo recentemente e que eu facilmente confundi com felicidade. Eu tenho me sentido grata.

E não é felicidade porque ele permanece mesmo nos momentos de tristeza. Mesmo quando penso nos problemas, na falta de grana, no buraco na calçada, no vizinho mau humorado. Mesmo quando eu tenho medo, porque aprendi que não existe garantia nenhuma nesta vida, o seguro é relativo.

Eu tenho sido grata. Grata pelos amigos, grata por minha família. Grata pela família anexa a minha – os cunhados, tios, primos, sobrinhos que não são meus, mas são também. Grata pelo olhar pidão da minha cã que me arranca sorrisos mesmo quando estou cansada. Grata pelo gato me arranhando doído no braço enquanto faz pãozinho. Grata pelo eu te amo de minha filha solto no meio do almoço.

Grata por você que me lê aí do outro lado. Grata por aqueles que liam e que agora compartilham minha vida de verdade. Grata pela vida.

Então, já que hoje é Dia de Ação de Graças lá do outro lado do mundo, aproveito para agradecer por tudo. Mesmo.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *