The Blacklist: General Ludd (1×8)

Sem palavras. Ou melhor, apenas uma frase: James Spader é brilhante.

The Blacklist: General Ludd 1x8 s01e08

Eu adoro fazer colagens das imagens que considerei importante em um episódio. Enquanto assisto eu guardo na mente aquele momento em que um olhar, um ato ou uma frase mudam a história. Depois repasso o episódio e confiro se selecionei realmente as melhores para contar minha relação com aquele episódio.

Essa missão é absolutamente impossível quando falo de The Blacklist: a cada diálogo eu vejo nos olhos de Spader um motivo para escolher aquela imagem, depois outra, outra e mais outra. Em General Ludd eu poderia escolher Red conversando com Liz e sendo colocado de lado, sentido verdadeiramente pela morte de Sam. Depois quando ele conversa com Tom ele nos mostra outra face. E então você consegue ver o quando ele se importa com Liz ao final do episódio.

É impossível não se apegar a Red, bandido ou não, assassino ou não, mentiroso ou não, porque James Spader o quis assim e neste episódio isso fica mais claro que nunca.

Um episódio sobre um grupo terrorista que quer derrubar os ricos e poderosos – tudo bem que o líder dele pretendia fazer isso e fugir em seguida em um jatinho, ninguém disse que terroristas são coerentes – e eu devo dizer que eles realmente estavam organizados e que se não fosse por Red um bom estrago seria feito, mas a questão de todo o episódio mesmo foi a morte do pai adotivo de Liz e sua relação passada com Red.

Sim, a carta da paternidade de Red foi novamente levantada e eu não sei bem o que pensar agora. A minha teoria de que o passado dele e dela estão ligados continua válida, mas é impossível não voltar a achar que ele é o pai depois do que ele falou para o Sam naquele hospital sobre o segredo que os dois guardaram. Falando nisso: Red o matou por causa do segredo ou será que apensa atendeu um pedido de Sam? Sim, esses são os roteiristas não nos deixando ter conclusões sobre nada.

E ainda nos desviam do caminho: quem é Lucy Brooks?

the blacklist general ludd s01e08 red liz balanço

Trilha Sonora

Welcome Home com Radical Face

Somebody Sweet to Talk To com She & Him

P.S. Spader merece os Golden Globes. E o Emmy. E uma categoria especial do Oscar.

P.S. do P.S. Jamais, jamis ache que você realmente sabe alguma coisa sobre o que esses produtores e roteiristas farão em seguida.

P.S. do P.S. do P.S. Amo Hayy Lennix.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

10 Comentários


  1. Estou gostando de Blacklist, porque toda vez que acho que peguei o fio da meada, me perco de novo. È muito bom esse sentimento, é parecido com o que sentia quando assistia Homeland e The Killing.

    Por falar em Homeland, o ator que faz o agente Ressler é o Mike da série citada, isso quer dizer que na próxima temporada ele não participará? Poxa, gostava da química entre ele e a personagem da Morena Bacarin.

    Acredito que o Tom esconde algo, mas pela conversa que ele teve com o Red, me pareceu tão sincero o sentimento dele pela Liz.

    Responder

    1. É bom porque o pessoal andou fazendo muito feijão com arroz nas séries, você logo descobre o vilão, nem a emoção da caçada te empolga.

      O Mike não é elenco principal em Homeland, então não existe conflito, ele pode continuar suas participações nas duas séries – lembrando que a terceira de Homeland já está rolando lá nos EUA.

      Pode ser que Tom tenha se apegado a ela, ou mesmo que ele nem tenha se aproximado dela com outras intenções, apenas tenhas escondido a verdade sobre seu passado.

      Responder

  2. Olá, Simone.

    Com certeza é a melhor série do ano (e olha que assisto muita coisa…)!
    Porém, tenho uma dúvida: esta semana repetiu o episódio 1 e no fim de semana passado teve uma maratona Blacklist.
    E no próximo parece-me que haverá outra com os episódios posteriores…
    Minha questão: TERMINOU A PRIMEIRA TEMPORADA????
    Se é assim, vem a segunda grande questão: QUANDO COMEÇA A SEGUNDA TEMPORADA????

    Parabéns por teu blog, uma raríssima combinação de boas avaliações sem spoilers em excesso!

    PS: adoraria receber uma visita tua em meu blog… 🙂

    Responder

    1. Muita calma nessa hora, risos.

      A 1ª temporada ainda não acabou, só que na semana passada não houve inédito nos EUA, obrigando a Sony a reprisar nesta semana o piloto. Neste dia 25 tivemos inédito novamente por lá, então se a Sony mantiver o que vem fazendo na próxima terça também teremos – ou ela pode segurar mais e fazer outras reprises, nunca sei o que se passa na cabeça do povo da programação.

      Vou lá conhecer teu blog, com certeza!! beijão

      Responder

  3. Simone, perdi este eps. e foi o último? e no final de semana com o especial Doctor Whoo, nem me lembrei. Ontem começou do 1º novamente.

    Responder

    1. Não, ainda teremos mais 2 inéditos nesta temporada, pelo menos. O que aconteceu é que houve reprise na semana passada nos EUA. Beijos

      Responder

  4. James Spader é simplesmente genial. Um ator como poucos!
    Seja filme, seja série, onde o cara atua ele é o melhor, e os outros, são os outros.

    Responder

Deixe uma resposta