A nova queridinha do verão tem nome: Kaiser Radler

kaiser radler

No verão passado minha alegria veio o investimento das vinícolas nacionais de frisantes de bom preço e boa qualidade. Marcus James e Almadem lançaram bebidas leves, ideais para o consumos nas tardes e noites quentes.

Neste ano, porém, vou regar minhas férias com cerveja mesmo, quem diria, tudo por conta do lançamento da Heineken no Brasil da Kaiser Radler.

E por que ela combina com o verão? Bem, a cerveja tipo Radler é mais “fraquinha”, tem apenas 2% de teor alcoólico porque ela mistura a cerveja tradicional ao suco de limão.

A ideia na verdade não é nada nova: em 1922 Franz Xaver Kugler, dono de um pub localizado perto de uma pista de ciclismo na região da Baviera (atual Alemanha), resolveu preparar uma bebida para refrescar os atletas. Assim, “radler” que significa “ciclista” em alemão, acabou virando termo utilizado para se referir as cervejas que levam 60% de suco de limão e 40% de cerveja.

Esse tipo de cerveja não é novidade para o pessoal da Heineken, que já possui cervejas deste tipo desde 2007 em vários países, sempre associadas a marcas locais fortes como Amstel (Holanda, Grécia e Espanha), Maes (Bélgica), Calanda (Suíça), Dreher (Itália), Sagres (Portugal), Pelforth (França), Fosters (Inglaterra e Finlândia) e Primus (Congo). Hoje as cervejas desse tipo já respondem por 10% da produção mundial da cervejaria.

Eu recebi a minha primeira radler do pessoal da Kaiser em casa, mas ela já se tornou figurinha carimbada no carrinho de compras do mês e com certeza vai com a família nas férias.

P.S. Como eu não ia gostar de uma cerveja que tem ciclista no nome, heim?

P.S. do P.S. Lá fora a cerveja é misturada ao suco do limão siciliano, por aqui ao suco do limão Taiti.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *