Castle: Under the Influence (5×11)

Esposito arrasando a cada novo episódio de Castle, não é mesmo? Espero que Ryan não fique com ciúmes, mas esse moço fica cada vez mais interessante.

Castle: Under the Influence (5x11)

Interessante como foi o caso investigado pela equipe nesta noite: o caso conseguiu prender mais minha atenção do que o caso Beckett e Castle, até porque nesse episódios eles realmente tiraram o foco do casal, que teve apenas a piadinha ótima inicial sobre a escolha de filmes no cinema. Devo dizer: não conhecia a regra, mas apoio integralmente.

O caso em questão levou a equipe a investigar a estranha morte de uma DJ durante a festa de uma cantora ex-famosa. Os roteiristas foram muito felizes em mostrar como a perda da fama pode afetar uma pessoa, mas eu fui surpreendida pelo desfecho. Minhas fichas estavam realmente apostadas no trambiqueiro que usava adolescentes para roubar para ele quando a linha do tempo não fechou e Castle e Beckett apareceram na casa da cantora.

Frase da noite: “A vendas dos meus discos pode ter caído, mas eu ainda tenho dinheiro para um bom advogado.”

Sério mesmo que ela não ligou nada nada de ter matado alguém para que seu plano desse certo? Acho que o problema da moça não era somente falta de fama, mas psicopatia mesmo.

Toda a questão da investigação acabou servindo para colocar Esposito perto de um menino que lhe lembrou de seu passado – quem imaginou Esposito como um delinquente juvenil? – e permitiu ao personagem crescer como nunca tinha acontecido na série. Ele sempre foi mais sério que Ryan, ainda assim aos dois sempre coube mais vezes quebrar o gelo do que fazer “drama”, com exceção de quando os dois tinham que tirar Castle e Beckett de alguma confusão.

Questão é que o personagem nos contou de seu passado, arrasou na investigação e ainda teve a cena memorável com o bandidão trambiqueiro, depois de ter derrubado o guarda-costas brutamontes, o que já havia lhe dado pontos extras.

Ao final eu fiquei ainda mais chateada da Lanie tê-lo dispensado: esse moço vale ouro.

P.S. Ryan teve de quebrar o gelo sozinho dessa vez e até que se saiu bem como fã-de-cantora-adolescente.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta