Psych: No Country for Two Old Men (7×04)

O Henrick já tinha adiantado em seus comentários: No Country For Two Old Men entra para a galeria de melhores episódios de Psych com honras. Da abertura em espanhol enrolado a Henry indo pescar com colete a prova de balas não teve como não passar os 40 minutos com, no mínimo um, sorriso no rosto.

Psych: No Country for Two Old Men (7x04)

Em primeiro lugar: juntar Jeffrey Tambor e Corbin Bernsen como Lloyd e Henry foi uma das melhores escolhas de elenco que eu já vi. Os dois ao telefone já me divertiam e ainda os colocaram no meio de um tiroteio, em um avião com Jeffrey pilotando, sendo presos pela polícia mexicana, entregando abotoaduras a um banidão local, tentando enganar o mesmo bandidão, brigando enquanto cavavam sua próprias covas, sendo salvos e, finalmente, saindo para pescar após Jeffrey ter de ser salvo do Lassie corrupto mexicano. Mentes criativas, a gente vê por aqui.

Além disso, eles venceram o desafio de encontrar um padastro para Juliet a altura de seu pai, que, afinal, era Willian Shatner.

Finalmente, mas não menos importante, podemos escolher algum apelido para o amado casal: Julihawn, Shawniet ou Shules, qual é a sua escolha?

Ah, sim, Gus também pode fazer graça com seu pânico disfarçado de se tornar um pai de família.  Mesmo em pânico seu faro continua infalível: “Massa… Frita… Doce… Sopapillas!!!”

P.S. Quem mais veria luvas de palhaço em luvas de cozinha?

P.S. do P.S. Você sabia que o verdadeiro nome de James Roday é James Rodriguez? Sim, nosso Shawn é meio-mexicano e fluente em espanhol.

P.S. do P.S. do P.S. Más Tambor, por favor!

P.S. do P.S. do P.S. do P.S. Aonde eu arrumo umas sopapillas com mel? Heim? Heim?

P.S. do P.S. do P.S. do P.S. do P.S. O próximo será o episódio número 100 e nos EUA os telespectadores puderam escolherem o final. Estou super curiosa!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

5 Comentários


  1. Esse episódio, pra mim, foi o maior acerto de toda a temporada.

    Primeiro, porque TODOS os episódios que temos Henry como destaque SEMPRE ficam ótimos. Segundo: Jeffrey Tambor. Sou fã de Arrested Development, e ver esse cara executando tão bem seu papel em Psych me fez com que eu o admirasse ainda mais.

    O roteiro, do começo ao fim, é espetacular. Sério! A forma como todos os personagens foram envolvidos na trama é de se tirar o chapéu. E quando não dava pra inserir alguém na trama, fizeram bem em deixar eles em Santa Barbara mesmo (caso de Lassie, Rachael e Maximus).

    Sem falar na ótima abertura em espanhol, desta vez estendida, e também curiosamente cantada por Steve Franks.

    Minhas cenas favoritas? Poderia descrever o episódio inteiro… mas fico com TODAS as cenas entre Henry e Lloyd, com destaque pra cena do Jeffrey oferecendo Soppapillas pro Henry, de Shawn tentando falar “Gravedas” (mijei de rir) e da visão sublime de Shawn no departamento de polícia, onde conta os podres de cada um.

    Nota 10/10 e, sem dúvida alguma, digo que dos 99 episódios, este pra mim foi o melhor!

    P.S.: E pra você, o Lassie mexicano é melhor do que o americano, Simone? 😀

    Responder

    1. Esqueci de mencionar que no Brasil, o Lloyd ficou com a voz do Monk, hahahaha. E por incrível que pareça, até que combinou.

      Falando nisso, que saudades de Monk…

      Responder

  2. a abertura de Psych pra mim é a melhor de todas as séries que vejo, sempre canto e todas as vezes que fazem alguma mudança sempre acertam e a deixam melhor … só um desejo que sei que nunca irá se realizar ver a abertura cantada em português 🙂

    sobre o James Roday ter descendência mexicana já sabia desde a 1a. temporada :p

    o que vc não vai descobrir é onde estava o abacaxi, já desisti apesar de sempre procurar mas nunca acerto … desta vez estava na cena em que o Shawn / Gus e Jules chegam no México e tem uma barraca atras deles de frutas

    eu prefiro Shules <3

    Responder

Deixe uma resposta