Supernatural: Goodbye Stranger (8×17)

Comentei no GetGlue: impossível escolher um episódio favorito nesta temporada de Supernatural! Sempre acontece algo sensacional e para não esquecer. Ou você vai esquecer de Meg e Castiel brincando de entregador de pizza? Ou de Crowley e seu blá-blá-blá? Tá, eu também não vou esquecer como o Dean ficou acabado depois de brigar com o Castiel – não fosse o anjo mudar de ideia aquela carinha nunca mais seria a mesma.

Supernatual: Goodbye Stranger (8x17)

Goodbye Stranger retoma a trama da temporada e a briga pelas tábuas, os meninos atrás de decifrar como fechar o inferno, os anjos querendo impedir que Crowley coloque as mãos na tábua que permitiria tirá-los de forma definitiva da jogada. Sério, se mais anjos parecem com Naomi do que com Castiel eu estou quase torcendo pelo sucesso de Crowley.

Quer dizer, ele vai precisar achar Castiel primeiro e ao que parece nosso anjo atormentado – e que dormiu com Meg, quem diria – está bastante determinado a se manter longe de todo mundo. Eu só não entendi muito bem porque ele acha perigoso que a tábua fique com os meninos: ele está tentando proteger os dois ou ainda é influência da Naomi bruxa na cabeça dele?

Outro dado terrível do retorno de nosso amigo: ao que parece os danos dos testes em Sam são permanentes e nem mesmo um anjo poderá salvá-lo. Nos resta ficar torcendo que ao final disso, além de fechar a porta do inferno, algo “mágico” possa salvar o caçula Winchester.

Eles não brincaram neste episódio: quantas viradas, quantas frases, quantos momentos a gente pode guardar? Só guardando o episódio todo!

P.S. MegStiel foi ótimo!

P.S. do P.S. Impressão minha ou Meg chamou Castiel de seu unicórnio? Que coisa mais romântica!

P.S. do P.S. do P.S. Sim, eu concordo com ela: Castiel está mais hot que nunca.

P.S. do P.S. do P.S. do P.S. Ela também mandou muito bem com relação a toda história de Sam e seu grande amor: “I laughed, I cried, I puked in my mouth a little.”

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. Acho que é influência da Naomi, mesmo. Ecos dela dizendo que eles (os anjos) não podiam confiar nos Winchester.

    Responder

  2. Ela se referiu ao castiel de “meu unicórnio” queremos mostra para sam que castiel fez ela mudar do mal para o bem assim como Amélia fez ele parar de caçar

    Responder

Deixe uma resposta