Body Of Proof: Dark City (3×11)

Eu juro pra vocês: está acabando. E agradeço também: não fossem vocês concordando comigo nos comentários sobre Body Of Proof era capaz de eu achar que estou louca, porque vejo tanto blog elogiando esta temporada que começo a achar que eu não estou assistindo a mesma série que eles.

Body Of Proof: Dark City 3x11

Dark City não foi um episódio ruim, deve ter sido o segundo melhor da temporada, mas a sensação de frustração é bastante grande: parece que eles nunca conseguem executar uma boa ideia de uma forma boa.

O comecinho do episódio foi até legal, com aquele cara pirando em pleno voo e o avião caindo enquanto Megan está toda no clima do senhor Dylan Charlie, mas depois foi tudo muito na sorte: pra que examinar evidências, minha gente, se o corpo vai cair na cabeça dos dois doidos que acharam uma boa ideia pegar um elevador enquanto a cidade está sob um blecaute e dois diálogos acontecendo a distância podem dar todas as respostas necessárias?

O mérito foi que todo mundo teve direito a seus dois minutinhos de cena, nem que fosse dando uma de eletricista.

Ah, que dizer da cena final com Megan cheia de amor pra dar pro Tommy e ele saindo com a parceira do Danny detetive? Raiva define.

P.S. Foi depois da exibição desse episódio que o canal divulgou o cancelamento. Quem sou eu pra criticar, né?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta