Grey’s Anatomy: Sleeping Monster (9×21)

Pobre Bailey! Não bastava descobrir que foi ela a passar as infecções aos pacientes, ela precisou descobrir que era a pessoa mais azarada no mundo – tudo bem, em Grey’s Anatomy a questão do azar é meio que compartilhada por todos – já que ela pegou não uma, mas três luvas defeituosas para executar suas cirurgias.

Essa é Shonda tornando Bailey um acidente de avião no final da temporada. Quer dizer, ainda restam três episódios para que ela apronte coisa pior nesta temporada.

Grey's Anatomy: Sleeping Monster (9x21)

Voltando a Bailey: esse foi um episódio em que eu não poderia ficar mais confusa dos meus sentimentos em relação à médica de que sempre gostamos muito. Um lado meu não poderia ter mais empatia por seu drama, pela tristeza dela. Outro viu tantos erros em suas atitudes quando sob pressão que quase desejou que ela se ferrasse. Sim, Richard foi errado em apontar o dedo, mas foi tão errado assim? Ele não podia imaginar que ela estava ouvindo, ele explicou para a interna logo em seguida que ele apenas falou aquilo para que o problema não ficasse maior ainda.

E com tanto drama da Bailey e com o pessoal do CDC andando pelo hospital, pouco se andou na trama de Owen e Cristina, eles continuam em velocidade de cruzeiro ao encontro do iceberg. Simples assim. Cristina apareceu mais por conta das questões de Meredith e Derek e os filhos, como apenas reafirmando que ela não se vê como mãe. Owen piorou um tanto, tomando as dores do menino de forma tão infantil quanto ele e deixando que isso afete a forma como avalia o trabalho dos colegas – o que inclui o trabalho de Cristina. Com a mãe do menino morta, ele passa a pressionar ainda mais Cristina pela salvação do pai do moleque e ela começa a se irritar. Falei do iceberg, né?

Outra trama que andou um tanto foi Jo e Karev: a interna resolveu morar com o namorado. Foi preciso uma notícia dessas para que Alex se tocasse daquilo que Cristina já havia lhe dito com todas as letras é verdade: ele está realmente apaixonado pela Jo e ele vai precisar arrumar sua vida agora de algum jeito. Torço para que consiga, porque se é bonito, charmoso e bom coração, nosso amigo nunca dá sorte no amor.

P.S. Triste esse povo de divulgação errando na tradução, heim? O Canal Sony anunciava a sinopse deste episódio falando que Cristina enganava Alex por conta de seus sentimentos por Jo. Ela não enganava, ela provocava (tease em inglês, palavra que consta da sinopse divulgada pela ABC).

P.S. do P.S. Após o desabafo de Bailey para cima de Richard algo me diz que tudo isso não acabou.

P.S. do P.S. do P.S. E não acabou porque o nome do episódio já disse tudo: Monstro adormecido. A paixão de Karev por Jo, o medo de Meredith por conta do Alzheimer, o final da relação de Cristina e Owen, o medo que tomou conta de Bailey, a tristeza que tomou conta de Richard. Vários monstros adormecidos por aqui…

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. Simone a atitude que o Owen teve nesse episódio só comprovam para mim que ele não deveria dirigir o hospital.

    Responder

    1. A gente não consegue confiar. Um monte de gente fala do bebê da Meredith nascer mesmo com duas cabeças – e ela falando isso nada mais é do que colocando o nosso medo em palavras.

      Responder

Deixe uma resposta