CSI: Ghosts Of The Past (13×21)

Epa, epa, epa, os fantasmas foram para Las Vegas agora? Várias séries brincando com o sobrenatural atualmente, CSI também não escapou da brincadeira.

CSI:  Ghosts Of The Past (13x21)

E, para tanto, escolheram Greg, aquele que é sempre o mais sentimental e vulnerável da equipe, para bola da vez: o moço ficou bem mexido com a possibilidade de estar carregando o dom da avó e poder manter contato com os espíritos de quem já nos deixou.

Eu particularmente achei que o episódio ficou devendo um pouquinho: o cenário do crime da vez criava um sem número de possibilidades para o culpado, que eu achei que era a doida da peruca, e bem como podia criar um tanto mais de terror. Talvez seja porque The Following tenha me feito lembrar de Nick enterrado vivo e por isso eu achei meio bobinho o “perigo” que Greg passava e fiquei com vontade de quero mais.

E, como eu citei lá no texto sobre Criminal Minds: as duas séries tinham fantasmas no nome dos episódios da semana. Só que, enquanto lá era de forma figurada, se referindo as sombras do passado, pro aqui a coisa já foi no sentido de desencarnados na terra.

O que é impossível negar é que de novo colocaram Greg e Morgan trocando confidências, o que pode significar que aquilo porque todo mundo torce realmente aconteça…

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário

Deixe uma resposta