The Following: The Curse (1×12)

Eita briga boa, Claire! Eu não gosto de você, mas como você bateu na Emma eu te dou um voto de confiança e até esqueço da tua tentativa de fuga em plena manhã pela entrada principal da casa correndo com seu filho sem nem ao menos tentar disfarçar o que fazia.

The Following: The Curse (1x12)

 Emma que só comprova cada dia mais ser A LOUCA: como assim ela acha que pode chegar na Claire e conversar como se nada de errado tivesse acontecido, como se ela não tivesse sequestrado o Joey e levado para a última pessoa que Claire queria ver em sua vida? Como assim “nós éramos uma família”? Ela mereceu MUITO o soco que levou.

Além disso, após a pequena conquista de Ryan e Parker no episódio passado, The Curse marca o FBI fazendo pelo menos alguma coisa de certo. Sim, eles ainda bobearam em deixar Ryan, Parker e Mike sozinho na casa do líder da milícia, porque eles não aprendem com  os próprios erros e esquecem que o pessoal da seita surge de todo lado e que com eles nunca é tão fácil assim, mas ainda assim eles conseguiram somar A+B e avançar mais um pouquinho a caminho do Acampamento Come Sangue.

E um belo pouquinho, porque se Roderick apareceu como xerife para ajudar na busca é porque eles estão ali do lado. Alguém me ajuda: Mike chegou a ver o rosto de Roderick quando apanhou? Se sim, quanto tempo a gente vai ter que esperar para os dois se encontrarem? E mais: Mike está muito parecido com o Ryan agora, não é mesmo? Não é mais o garotinho atrás do ídolo, ele está com raiva e quer causar estragos.

Falando de encontros: Ryan e Joe. Se teve algo que compensou o povo do FBI deixar os três sozinhos naquela casa foi isso. Porque os dois em cena é delicioso de se ver e porque agora a gente sabe que Ryan tem um terrível segredo, que a gente conhece e Joe não, e que pode ser o X da questão em derrubar o assassino em série. Eu acho que se tem algo que pode fazer Joe cometer erros é ele ficar louco com o tal bloqueio de autor que está sofrendo.

E já que o FBI erra tanto, só Joe errando para a gente avançar.

P.S. Não é que Claire não deva tentar fugir, mas de noite, pelos arbustos, procurando uma passagem na cerca, talvez funcione melhor, néam?

P.S. do P.S. O que será que ele escreveu que deixou Claire tão doida?

P.S. do P.S. do P.S. Outro que tá mudado é Jacob, heim? A ligação do pai mexeu com ele, mas eu fiquei com a sensação de que ele fará de tudo para compensar as emoções que sente. Cuidado Emma, se eu fosse você dormia com um olho aberto, viu?

P.S. do P.S. do P.S. do P.S. A tensão entre Roderick e Joe só aumenta. Louca para ver o embate!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

6 Comentários


  1. GeZuszinho que aflição ver o Mike naquela situação … afff !!!

    e olha os desencontros para deixar a gente mais perturbada, o Mike na ambulância e logo do lado de fora o Roderick … OMG !!!
    isso aconteceu pra deixar aquela tensão de ver o Roderick sendo desmascarada pelo Might Mike 2.0 .. uhuuuu

    catfight da hora, como eu queria que tivesse um 2o round, a Emma é maluca de pedra Credo

    e genteeee … o que foi aquilo que o Young Ryan fez ??? pra ser sincera não tiro a razão dele não …

    Responder

    1. A gente não tira a razão e entende porque ele é tão perturbado: imagina guardar isso para si por todo uma vida? Difícil ele não achar que a perseguição do Joe seja payback…

      Responder

  2. Daqui p/ frente os episódios ficam mais alucinantes!!!!!!!

    Queria dizer sobre os personagens citados, mas não posso pq senão seriam spoilers!!!!!

    Responder

  3. Não podia perder a oportunidade: a gente que acha o FBI mega incompetente na série que é ficção, hoje o FBI da vida real, matou o suspeito de terrorismo na sala do interrogatório!! Fala sério! É a ficção imitando a vida real. Nos nossos seriados o FBI sempre atira no ombro, né?
    *****

    Simone, acho que você devia começar uma campanha para as tvs avisarem que é o “season finale”. Nas novelas já sabemos com antecedência…. EStava aqui, calmamente assistindo a Undercover – Infiltrado, (a série é ótima e é búlgara, logo tem novidade!!) tudo começou a acontecer ao mesmo tempo… Já quase no final do capítulo, intrigada com um episódio tão ágil, me ocorreu que podia ser o último episódio. Parei tudo para dar um google e descobri que de fato era o último da 1a. temporada! Acho que deviam avisar os incautos, como eu!!!
    Sugestão: assista a primeira temporada para comentar a segunda. Pelo que vi, já são 3.
    um abraço.

    Responder

    1. Oi Ana,

      Então, eu falo que o FBI real deve ser mais parecido com o de The Following do que a gente pensa. Afinal, aquele ataque terrorista de 11 de setembro aconteceu bem nas barbas deles, né?

      Falando sobre as season finales: houve um feliz tempo em que Warner e Sony faziam suas semanas do clímax, era a semana em que todas as series acabavam e assim vc se preparava para não sair da frente da telinha.

      Eu acho que a Sony e o Axn vão fazer isso esse ano, o que explicaria algumas reprises desnecessárias, fazendo com que as series fiquem mais ou menos no mesmo ponto.

      Undercover é uma serie de temporada mais curta e acabou fugindo do padrão, mas eles realmente podiam ter informado melhor isso ao publico.

      Já a Warner só desse ladeira. Eu desisti de acompanhar Two And A Half Men e The Big Bang no canal, era reprise torta, episódio invertido, affff, terrível!

      Responder

Deixe uma resposta