Hawaii Five-O: Kapu (Forbidden) (3×12)

E se você pudesse escolher o assassino deste episódio de Hawaii Five-O, o que você faria? Você ficaria com a solução dada, o diretor da faculdade, ou iria para o aluno pego colando e cujas notas de química não eram nada exemplares? Bom, quando este episódio foi exibido lá nos EUA, os fãs da série puderam fazer justamente isso: escolher o final que seria exibidos. O escolhido pelo público foi esse que a gente viu, mas na rede você encontra os dois finais disponíveis, já que para fazer a brincadeira o canal teve de produzir ambos.

Hawaii Five-O: Kapu (Forbidden) (3x12)

Já por aqui ficamos com um final só e, na verdade, o pessoal do ID nem sabia sobre a história de final alternativo e nem mesmo tem a numeração dos episódios do mesmo jeito que nos EUA. Horrível, né? Mas eu defendo o canal: eles comprar a temporada e recebem os arquivos com determinada numeração e devem exibi-los na ordem determinada pela CBS, motivo pelo qual muita gente viu, em sua operadora, que seria exibido o episódio 13 e na verdade falávamos do 12. Nem sempre o que é americano é melhor…

Bom, voltando a vaca fria – e olha que eu nem sou tão velha pra usar essa expressão com tanta naturalidade – acho que o maior atrativo do episódio era mesmo a possibilidade de escolher o final, já que o roteiro não teve nada de muito diferente: assassinato na ilha, Steve e Danno tentando descobrir o bandido, bandido descoberto e derrubado, Steve faz a boa ação que todo herói precisa e estamos conversados. Só que a série faz esse feijão com arroz bem direitinho e divertido, conforme esperamos.

E ainda entrega momentos distração como Kono tendo de vigiar Sang Min. É claro que ele enganou todo mundo, é claro que ela conseguiu encontrá-lo e, no final, ele nem é tão mau assim, né?

P.S. Danno no calendário da polícia. Nada a declarar! (Fofooooooo!)

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Simone, eu vi os 2 finais(acompanho séries pela internet)o final é idêntico, identico mesmo a única diferença e no ator que realiza a ação e um dialogo pra explicar o porq.

    Gosto desse ep. por trazer Sang Min como alivio cômico fazendo boa dupla com a Kono.

    Responder

    1. Oi keila, eu gosto do Sang Min, não sei porque, mas sempre curto suas participações. Achei bobinho também o alternativo, acho que teria sido mais legal se fosse um episódio duplo, em duas semanas, assim teriam tempo de trabalhar mais as diferenças…

      Responder

Deixe uma resposta