Elementary: Lesser Evils (1×05)

Quem mais matou, na cena do elevador, que o bandido era o faxineiro? Até porque, depois do moço fazer vilão em Damages eu não esperava menos dele em Elementary.

Eu sei que a história de anjo da morte anda meio batida, mas depois de mais de vinte anos assistindo a séries de TV (olha eu entregando a idade) esse detalhe perde importância e o negócio é fazer pelo menos uma coisinha diferente, como nos fazer achar que o assassino era o médico bonitão (outro que tem um hall vasto de vilões), depois nos fazer achar que ele não e então entregar que ele é, de alguma forma.

Holmes estava especialmente birrento, afff, e até me irritou um pouco, como se ele tivesse saído do tom, mas depois que consegue a investigação ele melhora bastante e até deixa que Watson o ajude na investigação.

Acho engraçado que a falta de empatia que ele tem pelos outros, sua genialidade, façam com que ele não entenda porque Watson deixou de ser médica. Ao mesmo tempo acho que isso é exatamente o necessário para fazer com que ela reflita se deveria mesmo ter deixado sua carreira – caminho sem volta agora que ela anda toda animadinha em dar uma de detetive.

Imperdível: a cara de Holmes quando o faxineiro aperta todos os botões do elevador, ele tentando parecer que não se importa.

Imperdível 2: usar as fotos do assassino para provar que o cirurgião o usou para matar uma paciente que lhe daria problemas foi uma bela sacada.

P.S. Certeza que o que Holmes mais odiou foi ele ter pedido desculpas para o assassino.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

5 Comentários


  1. Não surpreendeu que o assassino era mesmo o faxineiro, estava bem claro.
    O Holmes me cansa um pouco, ele é muito agitado, quando o episodio chega ao final estou exausta. Muito longe do ingles, que na minha opinião é bem melhor.

    Responder

    1. Oi Nina, eu, como a Cleide, acho diferentes, mas gosto dos dois. O outro é o inglês típico com uma pitada de arrogância, esse é mais pop, mais descolado. Tenho curtido demais as duas séries.

      Responder

  2. para quem assisti a mais de 30 séries este episódio, para mim, pareceu um crossover, vamos ver o faxineiro era tb de Suits a médica era a antipática da Wenddy de TGW o médico bonitão era de Newsroom … eta salada mista

    este Sherlock é único, assim como o Sherlock UK … cada tem seu charme … seria extremamente desinteressante se os dois fossem iguais, que graça teria uma cópia da outra ?

    Responder

    1. Sim!!! Eles foram muito felizes em não tentar copiar o outro só porque ele estava fazendo sucesso, agora podemos aproveitar as duas.

      Responder

  3. Fiz uma maratona de Elementary e gostei. Não amei como a série inglesa, mas gostei.

    Responder

Deixe uma resposta