Hawaii Five-O: Kanalua (Doubt) (3×02)

Não demorou nada nada o retorno de August March à Hawaii Five-O, só que dessa vez ele não conseguiu enganar a equipe por muito tempo – bom mesmo, porque eu ainda não esqueci a impressão de que eles eram muito bobos que fiquei na temporada passada.

Hawaii Five-O Kanalua (Doubt) 3x02 steve danno chin

Um episódio irregular, mas ainda assim gostoso de se ver.

O comecinho e o fim foram adequados para a despedida de Malia, esposa de Chin. A cada vez que vejo uma dessas cerimônias havaianas eu só consigo pensar: por favor, me cremem e me joguem no mar, mas com estilo. Mas foi a conversa final do policial com Danno, relembrando o dia em que se conheceram, que realmente honrou o seu sofrimento e, também, a amizade que existe entre os membros da equipe (aquele equilíbrio raro entre um segundo nos enchendo os olhos de lágrimas e enfim nos fazendo rir com uma pequena tirada).

Já o caso investigado pela equipe, que prometia muito depois da perseguição inicial, foi o lado fraco: estava ansiosa pelo retorno de March e com certeza esperava mais que ele se suicidando se atirando na frente de um caminhão.

Ah, pelo menos me enganaram: eu jurava que a filha do piloto tinha culpa no cartório. Assim como o dono da galeria, que no final tinha alguma culpa, mas não no roubo em si.

P.S. De novo os roteiristas dando ideias aos bandidos: o que foi o cara seguindo de ré ao lado do ônibus para então escapar por uma perpendicular?

P.S. do P.S. Levaram a sério esse negócio de Catherine virar regular, heim? Tenho gostado demais das participações dela.

P.S. do P.S. do P.S. Quem mais aposta na teoria da Suzana de que Wo-fat é meio-irmão do Steve? Olha, tô cada vez mais na dela.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. Algum elo tem entre a mãe do Steve e o Wo-Fat. Mistério!
    Na verdade acho que não são os roteiristas que dão ideias aos bandidos e sim ao contrário. Já deve ter acontecido em algum lugar a cena da ré.

    Responder

    1. Bom Nina, trabalhei com risco em banco e eles sempre disseram que quando pensam numa solução os bandidos normalmente já pensaram em como burlar antes….

      Responder

  2. Simone, achei lindas as cenas da despedida. Fiquei emocionada mesmo.
    Quanto à teoria da Suzana, acho possível, sim.

    Responder

Deixe uma resposta