Once Upon A Time: Broken (2×01)

A magia de Once Upon a Time retorna as nossas vidas, mas eu juro que demorei uns cinco minutos pra ter certeza de que estava assistindo a série certa.

O primeiro susto com certeza foi esse: quem era aquele misterioso rapaz que mora em uma cidade grande e o que ele teria a ver com nossa história? Pois não ficamos só nesta surpresa: em seguida encontramos Felipe, príncipe da história da Bela Adormecida que, graças a liberdade criativa do pessoal de Once Upon a Time, também roubou o coração de Mulan, a princesa chinesa.

Confesso que eu não gostei tanto, desta vez, do paralelo entre a história em nosso mundo e a história de conto de fadas, até porque dessa vez a história de lá não acrescentava nada a linha narrativa do lado de cá, mas era uma história nova e eu ainda tenho tantas perguntas a serem respondidas.

Isso só foi acontecer mesmo quando Emma e Branca acabam aparecendo do lado de lá, junto das duas princesas recém chegadas pra nós. Até lá eu ficava achando que estavam gastando importantes minutos com outra coisa que não a verdadeira confusão que se implantou em Storybrooke.

Porque ninguém entendeu nada: como assim a maldição foi quebrada, todos lembram quem realmente são, mas continuam do lado de cá? E a revelação de Regina não ajudou nada: eles estão presos do lado de cá porque simplesmente não existe mais o lado de lá.

Pra piorar: estaria a magia voltando aos poucos? Porque Regina não conseguiu se defender da multidão, mas em seguida ela consegue prender o Encantado com aquela planta estranha. E se está voltando aos poucos, Chapeuzinho vai voltar a ser lobo? As fadas terão poder novamente?

Enquanto essa e muitas outras perguntas que eu tenho não são respondidas, Emma, heroína que é segundo seu filho, e Branca resolvem ajudar Regina a enfrentar o tal Wraith e acabam as duas jogadas pelo chapéu mágico em uma terra que ou era desconhecida de Regina ou ficava longe demais para ser atingida por sua magia. Epa, enxerguei um furo: se ela e a bruxa da bela adormecida eram MAPS (versão da minha filha pra BFF), como assim o reino dela sobreviveu?

Um furo pequenino, eu sei, ainda mais se considerarmos que eles fizeram Emma voltar a ser Emma bem rapidinho: eu não ia engolir se ela simplesmente achasse que está tudo muito bom, tudo muito bem, reencontrei meus pais (que tem a mesma idade que eu) e seremos todos felizes a partir de agora.

Bom, ninguém pode reclamar de falta de acontecimentos, ação ou tensão no retorno de Once Upon A Time, não é mesmo?

P.S. Gente, eu juro que fiquei esperando alguém conjurar o patrono quando os Dementadores apareceram na cidades. Tá, não eram dementadores, mas wraiths, mas como eu nunca tinha ouvido falar desses moços e eles estavam iguaizinhos aos dementadores do Harry Potter (que ando vendo repetidamente agora que foi descoberto pela filhota, Thanks God!) eu tenho o direito de ficar confusa, tenho não?

P.S. do P.S. Quem é o moço que recebe o postal? Quem mandou o postal?

P.S. do P.S. do P.S. Branca abraçando os anões. Amei esse momento!!!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

25 Comentários


  1. Outra coisa, Simone: mataram o amado da Regina; mataram o amado da Chapeuzinho; mataram o príncipe Philip; mataram o caçador… É duro ser homem em Once Upon a Time, né não?

    Responder

      1. :o)
        Tive a mesma impressão que você sobre todo o episódio. E também me peguei exclamando: como assim, dementadores???
        Mas minha filha, também fã de Harry Potter, adorou!

        Responder

  2. Cheguei a comentar que os produtores deviam ter usado os efeitos especiais de HP pros dementadores, são bem melhores que os que usaram. 😛

    Responder

  3. A Bela Adormecida é chatinha hein?????? Devia ter continuado dormindo. rs…

    Responder

  4. Simone, a questão dos reinos no 2 ep. eu acho vc vai ver que não foi furo, eu não vou falar o que aconteceu pra não ter spoilers.

    Sobre Harry Potter no 2 ou 3 ep. tem outra referencia, e um momento bem cute que todo mundo esperava.

    Responder

      1. Depois vc verá que até quem foi atingido pela maldição foi escolhido.

        Responder

  5. OUAT nos surpreende sempre. Quando questionamos aonde algo vai nos levar vemos tudo se encaixar perfeitamente.
    Há muita estória a ser contada e vou esperar ansiosa. Adoro Mr. Gold. Ele é meu personagem favorito!

    Responder

    1. Oi Elaine, achei que a temporada não começou maravilhosa, mas tem tanta coisa que eles podem inventar que eu duvido que eles não arrumem esse rumo, não é mesmo? Também adoro o Senhor Gold.

      Responder

  6. Simone, wraiths são figurinhas fáceis – já apareceram até em Stargate: Atlantis!

    E eu como um quilo de jiló frito se o moço que recebe o postal não é o filho do Rumple, Bae. Pra mim quem mandou o postal foi o Pinóquio (que, convenientemente, virou gente de novo). Ele, Bae e Emma são as únicas crianças do reino encantado que cresceram fora de lá. Se Pinóquio achou a Emma, por que não o Bae? Que, aliás, cresceria beeeeeeem revoltado contra o pai – covarde que não teve coragem de ir com ele para o outro lado, qualquer que fosse ele.

    E a gente vai saber o que aconteceu com o marido da Cinderela? Ela encontrou o moço em Storybrook, mas o que aconteceu com ele ANTES da maldição, quando ele foi beber água e não voltou? E a mulher do David/noiva do James, Kathryn Nolan / Abigail? Ficou com o Frederick?
    Tantas questãs…

    Responder

    1. Não assisti Stargate: Atlantis (shame of me).

      Bom palpite o seu, eu tinha até esquecido desse moço. E se você estiver certa eu ia adorar ele ajudando Emma a enfrentar o pai.

      Acho que aos poucos vamos vendo o pessoal da cidade, tem tanta coisa que eu quero saber!!

      Responder

  7. E a Branca safadinha que contou p/ encantado que tinha saído c/ o Doutor! rs…

    Responder

  8. Simone só uma coisinha a Mulan é chinesa e não japonesa.Eu não quero bancar a chata mas é q eles realmente se ofendem em serem confundidos.É pior do q confundir brasileiro com argentino.Alguém falou aí q o moço é o Bae…só posso dizer q ele e a Emma andaram se esbarrando.Vc não deve ter notado mas a magia da Regina e do chapéu só voltaram quando foram tocados pela Emma.

    Responder

Deixe uma resposta