Fringe: The End of All Things (04×14)

Vamos ver: na semana passada nós tínhamos ficado com cara de uó ao descobrir que a Nina que estava lá na Massive Dynamic não era a Nina e aí eu fiquei toda preocupada com a Nina de verdade presa com Olívia naquele lugar. Mas aí que eu não prestei atenção no que estava falando: quando um shapeshifter toma o lugar de alguém o verdadeiro eu morre, ou seja, a moça que estava com Olivia ali também não era a Nina de verdade.

Sorte a nossa é que a Olívia é bem mais esperta do que eu, se tocou do que estava rolando e manipulou a falsa-Nina de maneira a trazer Peter para perto dela e ela conseguir usar seu “poder”. Eu confesso: achei muito arriscado isso, afinal ela também estaria colocando Peter em perigo, mas a gente faz o que tem de fazer, não é isso?

O que eu acertei foi que Jones é quem estava por trás das aplicações de cortexiphan em Olívia. O problema é que continuamos, eu e eles, sem saber o que ele pretende com isso afinal. Pior: ele consegue fugir para o outro lado, de novo, deixando um agora incrédulo Peter sem saber quantos paralelos temos afinal.

E se eu poderia fazer alguma crítica ao episódio, não que eu esteja fazendo qualquer uma, é essa história de Peter não entender o que September queria realmente dizer e ficar em dúvida de que a Olívia é a Olívia mesmo. Eu assisti duas vezes a conversa dos dois e, talvez porque já é isso que eu acredito há muito tempo, eu ficava me pegando a um ou outro detalhe do que ele falou para provar para Peter de que aquela é a realidade dele. O problema é que eu não consegui falar com o Peter, não pude falar para ele que, na verdade, o que estava acontecendo com a vida dele era semelhante a aquela fita de vídeo que ele olhava, que uma coisa se sobrepôs a outra, mas o verdadeiro não foi apagado. Afff…

Eu sei, eu sei, o principal não foi isso, mas sim nós entendermos essa figura enigmática desde a primeira temporada: o Observador. Agora sabemos que eles vem do futuro, de um dos futuros possíveis a partir do que decidirmos agora e que September ajudou Walter na travessia entre os mundos porque, antes disso, ele havia atrasado o cientista na descoberta do remédio para seu filho.

Não teve como não pensar em Dobby em Harry Potter. Para quem não está familiarizado com o mundo do bruxinho, o Dobby é uma criatura mágica que tenta ajudar ao Harry só que, cada vez que faz isso, ele causa um novo problema. September pareceu fazer isso, primeiro ao tentar compensar Walter de sua perda, depois ao tentar compensar de novo, não apagando o rastro de Peter após toda história da máquina e agora ao dizer que Olívia está em perigo, mas sem falar tudo que devia.

E falar sobre Henry? Então o menino não deveria ter nascido. Será essa a verdadeira causa de apagarem Peter? Mas por que? Gente, eu recebo meia dúzia de respostas ou confirmações, mas as novas perguntas fazem com que minha cabeça ferva de novo. A impressão final é de que o menino seria o bebê de Rosemary, não foi?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Quantos episódios terá a temporada? Ontem,10/04, foi reapresentado o eps. 08. Pode? Como a /Warnner repete e repete. É cansativo.

    Responder

Deixe uma resposta