Hambúrguer Com Creme Apimentado

Eu não sou de sair publicando receita, até porque eu não tenha nada de original: o que eu gosto mesmo é de descobrir receitas novas publicadas pelos outros na rede ou descobertas pela minha mãe nos programas de TV. O que eu acabo fazendo é vir contar pra vocês quando eu descubro algo realmente gostoso, como essa dupla de receitas que eu encontrei no Na Minha Panela – site 100% que todo mundo bom de garfo deve conhecer.

Foi com elas que eu encerrei o domingo e eu posso garantir a vocês duas coisas: é muito fácil de fazer; e você vai ficar com vontade de comer de novo logo no dia seguinte de tão bom que fica.

O hambúguer, que virou um hamburguinho para comer com aqueles mini pães de batata de padaria (comprei os meus na padaria perto de casa logo no café da manhã e estavam fresquinhos, nada secos, perfeitos), porque eu e o marido achamos que pão de forma não combina muito com carne (opinião pessoal instranferível).

A receita absurdamente fácil: 300 gramas de carne moída (usei patinho mesmo, sem dó), 70 gramas de bacon (para facilitar a conta usei um quadradinho daquelas embalagens de bacon já cortado da Sadia, sabem?), pimentas e sal a gosto (eu tenho um moedor manual, nele eu deixo grãos de pimenta do reino, branca, rosa e calabresa, uso esse mix em quase tudo que faço).

Mistura tudo (eu triturei um pouco mais o bacon para ele ficar menorzinho e sumir na carne) e faz umas bolinhas com a mão. Amassa para que fiquem um pouco maior que o pãozinho e coloque numa forma com azeite. A forma vai pro forno médio por dez minutos, vira os hamburguinhos e mais dez minutos. A minha ficou cheia de gordura, da carne e do bacon, então eu troquei de forma e coloquei mais cinco minutos para ficar dourado e aí coloquei pedaços de muçarela para derreter.

Quando eu vi a gordura eu pensei na opção de usar a assadeira com grelha, aquela que mantém o assado um pouco mais alto e a gordura escorre, mas o hamburguer ficou tão gostoso, tão molhadinho, que eu não vou arriscar e mudar nada.

Enquanto eles assavam, Carol veio me ajudar a fazer o creme: 2 pimentas dedo de moça, 100 gramas de cream chesse e 2 colheres de sopa do creme de leite (vocês vem que eu mudo um pouco as quantidades, dificilmente eu sigo ao pé da letra, vou experimentando e mudando, toda metida). Bati tudo no mixer de novo (melhor compra de casamento, não foi nem R$ 25,00 e quebra um galhão, e como é pequeno cabe em qualquer lugar).

Cortei os pães ao meio, mandamos ver no creme e completamos com o hambúrguer.

Gente, é de Deus isso, tô falando sem brincadeira! E é fácil, e não tem fritura. Lanchinho perfeito, pode testar.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Me deu agua na boca de ler essa receita.
    Ta impressa e essa semana sai.
    Em casa, temos um dia da porcaria, na semana e a receita acima ganhou para ser feita nesse dia.
    Quarta ou sexta, dopo posto o resultado ou um video.
    Valeu a dica.
    Aquele

    Responder

Deixe uma resposta