Law&Order Criminal Intent: Trophy Wine (10×05)

Um episódio bastante adequado para entendermos o quanto o passado de Goren realmente faz diferença na forma como ele consegue enxergar os culpados, principalmente quando a motivação do crime não é tão óbvia como dinheiro ou ciúmes, aqui o que realmente fez a diferença é como Avery queria ser vista, diferente de sua mãe, que se vendia por dinheiro.

Ao mesmo tempo em que Avery era a suspeita mais óbvia do caso eu não conseguia entender o que teria motivado o crime, afinal, foram anos e anos de traição, falta de amor. O estopim foi a falta de respeito, a humilhação, mais que isso: foi ser tratada como se ela fosse igual à mãe que ela tanto rejeitava.

Quem teve mais tempo de tela foi a doutora Gyson, dessa vez com Goren se dispondo a falar um pouco mais a sessão acabou rendendo um estranho questionamento sobre a relação deste e Eames. Eu nunca torci por qualquer tipo de envolvimento amoroso entre eles, sempre enxerguei uma grande amizade, o respeito e a compreensão entre eles, mas nunca no sentido amoroso. Não consigo imaginá-los juntos e torço para que os roteiristas não sigam por esse caminho.

P.S. Sim, Goren não é igual a média de policiais que encontramos por aí, nem precisa ser tão inteligente para perceber. E lembrei muito da Fal quando ele fala de vinhos, ai,ai….

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Goren é um dos detetives mais legais da TV! Pena que a série acabou, buááááá!

    Responder

Deixe uma resposta