NCIS: The Dead Reflection (08×21)

Gostei bem desse episódio. E não é que eu não gosto da Barrett, mas eu sei que o Gibbs sempre tem razão e desconfio que o problema do namoro do Dinozzo com ela não é só por causa das regras dele: ele está preocupado com alguma coisa. Fico com aquela sensação de que ele sabe algo que não sei. Se não sabe, tá no caminho de descobrir.

Falando em descobertas: era óbvio, ao ver Palmer e Barrett no caminho da MTAC, que aquele olho ia abrir a porta. Só que eu não sei quantas pessoas tem acesso àquela sala e o que isso pode significar. Mas não me furto de pensar que o tal assassino dos Portos pode estar dentro da força naval, motivo pelo qual ele facilmente identificaria suas vítimas e poderia viajar de um lado a outro. Mais que isso, acho que ele é alguém realmente importante na força, daí ele saber que Dinozzo e Ziva estavam em seu encalço e ter colocado o tal olho na bebida deles.

E a gente sabe – depois de anos e anos assistindo a seriados policiais diversos – que um assassino em série tende a querer ser descoberto. Tipo gosto pela fama, não é? Então ele gosta da brincadeira de gato e rato.

E o Simon Cade? Primeiro de tudo eu adorei o agente, o Dinozzo usando o uniforme dele como se fosse roupa de pai, ele e Abby saindo juntos (Abby linda num vestido de Caveiras, só isso que a Carol falava) e depois a carinha de ciúmes do McGee e o sorrisinho da Abby. Adoro momentos ternos em meio a tensão de NCIS, vocês tbm?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

9 Comentários


  1. Não assisti todo o episódio, só vi o final. Estou achando um clima muito tenso entro o Dinozzo e o Gibbs. Aliás, um clima tenso de uma relação de pai para filho. Gibbs preocupado com o Dinozzo pq não confia na baixinha loira (obs: tbm sou baixinha) e o Dinozzo dizendo q tem medo do Gibbs? tem alguma coisa. Pelo q eu li sobre a oitava temporada parece q vai ter um episódio q vai mostrar um pouco da relação dos dois, como tudo começou…ai vi q hj na axn vai passar o episódio 22 titulado Baltimore…ai lembrei q o Dinozzo foi policial em Baltimore…tô achando meio estranho essa relação…ai não sei se o Michael Weatherly renovou o contrato e tal…sei não…mas gosto do personagem…ele é arrogante, mas quebra o clima sério, é engraçado e acho isso um diferencial do NCIS…o seriado tem comédia!!! Ah…li tbm q o cargo adquirido pela baixinha loira foi meio na maladragem, ou seja, a intuição do Gibbs não erra!!! Não quero é q o Dinozzo sofra, ora não fica com a Ziva pq respeita o Gibbs, perdeu a médica, a Kate, a baixinha loira não serve e ainda vai prejudicar a relação do Gibbs com o Dinozzo??? Coitado. Ah…adorei a conversa do Gibbs com o Dinozzo, quando eles meio q brigam ou melhor, entra em contratição e o Gibbs fala q depende do Dinozzo!!! Percebeu q eu sou fã do Dinozzo…ah…a intuição da Abby tbm não erra, ela não gosta da baixinha loira…aliás, acho bem legal como a Abby defende a “família”…muito bom!!! o Gibbs é o pai, o McGee é filho nerd mais novo e seu oposto, o Dinozzo é o filho mais velho e popular, a Ziva é a filha forte e sedutora, a Abby, oposto da Ziva, é a filha mais nova e q deve ser protegida por todos, o Dinozzo parece o irmão mais velho dela msm…ah claro, e tem o avô, o Duck. Não estou levando em consideração os sentimentos entre os “irmãos”, afinal, eles respeitam o papai Gibbs. Parece uma família não??? hehehe!!!
    Bjs
    Camila

    Responder

    1. Camila
      assisti este episódio ontem, estou me contendo para poder comentar no review da Simone
      foi um episódio excelente, mostrando de uma maneira que nunca tinha visto ou imaginado essa começo da relação dos dois

      e fica aqui um pedido a Simone …. dá pra me explicar o que aconteceu com o Tony e a Wendy? de novo acho que comi mosca ^^

      Responder

    2. Cara Camila, outro dia, eu fiz um comentário e perguntei por você! Aí, está você!

      Pois, é. Eu nem estou mais ligada em NCIS, mas continuo a acompanhar os posts sobre esta série e os comentários dos fãs sobre o assunto. Quem sabe, um dia, eu possa recuperar a minha paixão por NCIS… Em se tratando de mim, tudo é possível.

      Como eu parei, na quinta temporada e tenho o box da sétima temporada encalhado, aqui, em casa, eu vou me expressar, de forma um pouco rasa, correndo o risco de cometer loucuras.

      Eu nunca vi DiNozzo como um cara arrogante; só se for, agora, nas temporadas mais recentes. Sem dúvida alguma, é um personagem difícil de carregar, nas costas, e Michael Weatherly sempre fez um trabalho primoroso, sem roçar, na caricatura e na vulgaridade (tem certas falas de Dinozzo, que ditas por um ator despreparado, seriam um show de vulgaridade). MW é lindo, gostosíííííííssimo (que pernas!) e talentoso. O que eu não gosto, em Dinozzo, é a imaturidade e o excesso desta imaturidade e uma certa fraqueza para lidar com as mulheres. Você não quer que ele sofra; eu penso, justamente, o contrário: Dinozzzo deveria passar por uma dor bem grande para tornar-se um adulto de vez. Ok, ele idolatra Gibbs, mas tudo tem limites. Gibbs é o chefe e só. Ok, ele não quer compromisso, mas valorizar as mulheres, que passam pela vida dele e ter a coragem de se decidir é fundamental. Dinozzo vai ficar com a machona da Ziva? Então, fica, ora! Fica logo! Está esperando o quê?!

      Quando você citou, em seu comentário que Dinozzo “perdeu a médica”, veio-me a memória uma das coisas, que mais me chateia, em NCIS, depois da morte de Caitlin Todd (tudo bem, Sasha Alexander pediu para sair do programa! Eu já deveria ter superado, meu Deus!): o fim do relacionamento de Dinozzo e Jeanne Benoit, a citada médica. Jeanne Benoit é personagem bastante impopular, nos EUA, e tem, até, um vídeo anti-Jeanne, no You tube. Porém, de todas as parceiras amorosas de Dinozzo, ela foi a melhor, em minha opinião. Dinozzo e Jeanne formavam um lindo par e o infeliz a amava, realmentre, e queria viver com ela. Então, por que não passou por cima de tudo e de todos, e ficou com a médica? Por que Jeanne Benoit tinha que pagar pelos pecados do pai dela , Le Granoille? Você percebeu, que eu não sou fã do casal Tiva, né?

      A única coisa, que, ainda, faz-me pensar, em NCIS, com carinho é meu McGee Bear. A propósito, Sena Murray já recuperou um pouco de peso ou insiste em ser faquir, nas horas vagas?

      Beijos, Gabriela Santana.

      Responder

  2. amo cada vez mais essa série 🙂
    o diálogo entre Tony e Gibbs foi tenso e formidável pois todos estamos cansados de saber que a intuição de Gibbs não se engana
    e continuo a não gostar da Barret só tenho simpatia pelos agentes da equipe dela, o “Hulk” Cade e o o eterno agenta do FBI de Numbers o David Sinclair…. saudades dos brothar Epps

    Simone já vi seus comentários sobre a sua filhinha e as coisinhas da Abby e quando vi aquele vestidinho logo pensei na sua filhota, é muito lindo mesmo

    Responder

  3. Gabriela falo do Dinozzo como arrogante pq é o pensamento de alguns, principalmente por causa das brincadeiras com o McGee. Mas, na verdade acho q é forma do Dinozzo mostrar q se importa com as pessoas. É realmente ele precisa amadurecer. Nesse episódio 21 percebi pq o Dinozzo não fica com a Ziva. É muito respeito e medo do Gibbs, não só a ele, mas como a equipe formada por ele. A baixinha loura lá não faz parte da equipe, mas parece q o Dinozzo tá gostando dela mesmo. O que eu não gosto! Ah quero ver tbm o q a Simone vai falar do episódio 22. Foi bem legal saber como o Dinozzo foi para o NCIS. Algo que não tinha sido mostrado ainda dos agentes de campo. Pq a Kate, o McGee e a Ziva todos sabem como chegaram no NCIS e a relação q se foi construíndo com o Gibbs. Outra coisa q reparei o Gibbs confia plenamente do Dinozzo, mas essa confiança está meia mexida por causa da Barrett. Lembrei do episódio q a Ziva ficou puta com o Dinozzo e pediu o Gibbs para escolher entre ela e o Dinozzo, o Gibbs optou por esse último. Afinal, Gibbs e Dinozzo são os agentes de campo mais antigos junto com eles estão o médico Duck e a perita forense Abbs.
    BJS
    CAMILA

    Responder

    1. Camilinha, Ziva falou, seriamente, ao exigir que Gibbs escolhesse entre ela e DiNozzo?! Que burra! Quem ela pensa que é? Ah, que saudades da Kate! Eu não entendo o fantismo dos americanos e dos brasileiros por Ziva David. Os mais doentios, nos EUA, chegam a ofender a esposa de Michael Weatherly, por que eles querem que o ator fique com Cote de Pablo, na vida real. Graças a Deus, eu sei admirar o trabalho de artistas e nem para porta de hotel, eu fui alguma vez, em minha vida, em busca de autógrafos ou para me expor, ridiculamente!

      Eu acho a lealdade de DiNozzo a Gibbs doentia e absurda demais, porém eu entendo, que existe uma verdadeira amizade, por trás dos interesses profissionais. É algo sólido, que a madura Kate Todd respeitaria. Como Gibbs, eu acho que relacionamentos amorosos, no ambiente de trabalho, são nocivos e podem gerar fofocas, maldade e, até, coisas mais graves. Eu gosto de separar bem as coisas.

      Agora, muitas vezes, colegas se envolvem e se preservam, dignamente, não dando espaço para certos males e tudo sai bem. Um chefe não tem o direito de determinar com quem um subalterno deve se relacionar. Já está na hora de Dinozzo se assumir como um Georege Clooney ou escolher uma mulher para dividir a vida. E fazer isto com coragem e consciencia! Chega de infantilidades! Por causa de covardia, ele dixou Jeanne Benoit ir embora.

      Ah, finada Kate, você me faz falta!

      Beijos, Gabriela.

      Responder

      1. Gabriela: eu não acho a relação dos dois doentia não. Gibbs trata a todos da equipe como uma grande família e, se formos ver, todos eles tiveram relações familiares complicadas, então é normal se apoiar nos amigos.
        Agora, gente, eu não lembro mesmo da Ziva ter falado isso, affffff, tá até me dando desespero não lembrar 😛

        Responder

  4. eu vou shipar o mcgee com a abby foréva, mas também achei fofo ela com o cade. é divertido pensar que o outro relacionamento dela na série foi com um homem pequeno, o cara dono da empresa que fabrica os equipamentos que ela usa no laboratório. um contraste gigante [sem trocadilho] que demonstra que pra abby o que importa é mesmo o interior.

    Responder

  5. particularmente eu acho o tony lindo , mas um pouco infantil, ele precisa se logo ara a ziva! ia achar tão lindo eles dois!

    Responder

Deixe uma resposta