Law&Order LA: Angel’s Knoll (01×17)

Quando nem Victor Graber consegue salvar um episódio de algum seriado nada mais salva. Porque, afinal, ele já foi capaz de salvar seriados inteiros, quando mais nada salvava.

Eu nem vou falar de Titus Welliver porque, vamos combinar, ele anda aparecendo em tudo que é seriado gente. Uma ponta aqui, um arco ali, o moço anda realmente requisitado – pena que sempre é para fazer papel de gente que não presta, eu adoraria ser surpreendida.

A trama ofereceria uma boa história: investigar um pouco mais para mostrar como o condenado conseguiu manipular todo mundo de maneira a ter sua filha na mão; mostrar quem afinal matou o namorado dela. Eles “meio que” provam o envolvimento da prostituta, mas não explicam quem entrou no quarto para matar depois que a moça deixou o cara caído. E também não mostram que ela matou.

Ah, e como é fácil roubar um cassino, heim?

No final, o problema é pouca investigação e muito Dekker. Concordam?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. teve o Victor e teve o Titus mas foi um episódio sofrível, nem eles conseguiram salvar a série
    e eu que fiquei maravilhada por conta do episódio da morte do Ulrich e o Alfred Molina deixando a promotoria e indo ser detetive, que cheguei a duvidar do porque do cancelamento, mas os episódios ficaram cada um indo cada vez para o fundo do poço que nem de longe reconheço a franquia

    e entendo agora o porque do cancelamento e também outra coisa bizarra aconteceu …. o Ulrich volta nos episódios vivinho da silva

    e Dekker é muito chatoooooo mesmo, o pior promotor que a franquia poderia ter

    Responder

  2. Isso que eu não entendi como é que o morto volta vivinho da silva???????Até parei de assistir o que eu tenho por aqui por raiva mesmo….serie chata.

    Responder

Deixe uma resposta