Grey’s Anatomy: White Wedding (06×20)

Quem diria que o trio três solteirões e um bebê, como dizem por aí, ia ser o centro de um episódio do qual eu gostei muito? Sim Fabi, eu sei que eles são o óh, mas tem como não ficar emocionada quando Bailey faz aquele discurso falando sobre Deus estar em nós e que casamento é muito mais que uma cerimônia aceita pela sociedade? Episódio bem adequado para a semana que que comemoramos do Dia de Luta Contra a Homofobia, não é mesmo?

E tem como não chorar quando a chata da Arizona está chorando porque seu irmão, aquele que comemorou o fato dela ser gay, não vai estar lá para dançar com ela e é justamente o Sloan que acaba lhe consolando?

Eu devo ser meio piegas – super chorona desde que a Carol nasceu – mas eu chorei quase que o episódio todo encantada com essas pequenas coisas. De repente eu nem gosto tanto deles, mas são as situações que realmente me tocaram.

E Derek e Meredith e a linda menina? O que dizer dos dois casarem só para poderem adotar aquela linda menina e começarem sua família? E como não chorar quando Derek fala que aquela menina parou de chorar no colo dele? E como não sorrir quando ele dança com ela no colo e fala que eles comprarão um lindo presente para compensar o fato de que eles não iam ao casamento?

Eu gosto assim, quando um episódio realmente me emociona. Mas eu sou aquela que chorou ouvindo Oração pela primeira vez essa semana (dica que rolou no grupo Luluzinhacamp) e depois ouvi a música um montão de vezes, pulando que nem criança.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

5 Comentários


  1. hehehehehe! realmente esse trio me deixa beeemmm irritada… Mas, nesse episódio, eu até gostei (um pouco, claro) da Arizona e, quem diria do canastrão do Sloan. A Callie continua megachata, mas a mãe dela é mais UÓ ainda, preconceituosa, tudo de ruim. O que me irrita é a histeria da Callie, tudo tem que ser um drama, especialmente nesses últimos tempos!
    Mer e Der são meu casal favorito e espero que o lance do estudo não estrague o casamento… a pesquisa já estragou, mesmo!

    Responder

  2. Olà! Simone! Como já disse em outra oportunidade, adoro o seu blog. Também gostei muito desse episódio, apesar de achar um porre esse trio da chatice crônica.
    Porém, o que mais adorei foi Meredith e Derek, amo o casal e achei lindo eles casarem para adotar aquela bonequinha.
    Ah! Não sei você, mas para mim, foi uma baita sacanagem Alex entregar Meredith. Que ela tenha agido errado ou não, isso não caberia ele dizer, principalmente pelo fato de ele ter feito isso, só para meio que revidar a atitude da médica que roubou o seu lugar.
    Achei uma traição!

    Responder

    1. Oi Neide, não tinha entendido a parte de entregar, só fui entender ontem quando assisti ao episódio seguinte, risos. Eu também não gostei nada disso, ele acabou descontando nela a raiva que estava da loira. Uma pena. E eu faço parte do fã clube de Mer e Derek assim como vc!! Shonda, please, deixe os dois felizes!!!

      Responder

  3. Adorei a baley falando com ela mesma indo em direção ao altar para presidir, sei lá se é assim que se diz, o casamento…

    Simone dica: se você está empolgada com a historia do derick e da mer não assinta a finale desta temporada.

    Responder

Deixe uma resposta