Telinha brasileira esquenta com as estreias de março

E pelo menos a minha vida fica bem mais complicada, afinal começam a faltar horas na minha agenda para acompanhar tudo. Para ajudar um pouquinho o AXN acrescenta mais uma faixa para reprises do prime time entre 23h00 e 01h00, além das reprises nos finais de semana.

Quem não tem boas notícias são os fãs de CSI Las Vegas: em sua 11ª temporada, o seriado volta a ser exibido pelo Canal Sony, mas a estreia só acontecerá em abril. Confesso que depois do terrível final da 10ª temporada, bem, eu nem estou tão ansiosa assim pelo seu retorno.

Com a saída de CSI e In Plain Sight da grade o canal fica com espaço para duas estreias: Detroit 1-8-7 e Covert Affairs.

Detroit 1-8-7 é o seriado policial da ABC estrelado por Michael Imperioli (de The Sopranos) no papel de um detetive de homicídios de difícil temperamento e modos muito próprios. Infelizmente as perspectivas do seriado não são as melhores: ele já teve a primeira temporada exibida lá fora, mas corre grande risco de ser cancelado por não ter conquistado o público.

Ele será exibido as quintas na faixa das 22h00, logo após CSI NY, cuja sétima temporada traz Sela Ward (Once And Again e House) no papel de Jo Danville, novo membro da equipe de cientistas do laboratório, acréscimo necessário após a saída da personagem Stella Bonasera (Melina Kanakaredes).

Covert Affairs é um seriado mais leve, produção do USA que segue o padrão do canal – também responsável por Psych – mas cuja temática tem a cara do canal: Annie Walker (Piper Perabo, que ganhou uma indicação ao Emmy pelo papel) é uma nova agente da CIA que se vê colocada em missões muito importantes, sem pensar muito no por quê de tanta sorte. Ou azar…

Outro destaque do elenco fica para Christopher Gorhan como um agente que ficou cego durante uma missão, mas que continua na ativa, dando suporte a nova agente. Confesso que comecei a acompanhar o seriado pela agenda americana, mas abandonei na metade da temporada. Ainda estou pensando se dou uma segunda chance.

Se resolver, será às terças-feiras a partir das 21h00. Na estreia, neste dia 15, o episódio de 90 minutos acaba por ocupar duas horas da programação do canal. Por conta disso, os fãs de NCIS terão de esperar mais uma semana pela estreia da 8ª temporada.

Isso mesmo, NCIS deixa as tradicionais sextas e passa para as terças a partir das 22h00 e eu sou uma das que está muito ansiosa para descobrir se papai Gibbs estará bem depois que aquela louca traficante resolveu ir atrás de vingança familiar.

Nesta primeira semana os viciados em seriados ainda contam com as estreias no canal das novas temporadas de: Criminal Minds, CSI Miami, Castle, Breaking Bad e Damages.

A programação fica assim:

Segunda

21h00 Law And Order Criminal Intent (a décima temporada só estreia em maio nos EUA) – reprises

22h00 Criminal Minds – 6ª temporada

Terça

21h00 Covert Affairs – 1ª temporada

22h00 NCIS – 8ª temporada, mas só dia 22/03

Quarta

21h00 CSI Miami – 9ª temporada

22h00 Castle – 3ª temporada

Quinta

21h00 CSI New York – 7ª temporada

22h00 Detroit 1-8-7 – 1ª temporada

Domingo

20h00 Breaking Bad – 3ª temporada

21h00 Damages – 3ª temporada

As noites de sexta e sábado ficam destinadas a exibição de filmes

Ah, quase esquecendo: a FOX também começa a trazer novidades. A primeira é o retorno de Lie To Me com a estreia da 3ª temporada novamente às terças-feiras.

E aí, qual mágica você fará para acompanhar tudo?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

12 Comentários


  1. Si ainda tem The Mentalist as segunda pela Warner as 22:00hs, ainda bem que a Axn, colocou horários alternativos para reprises…..

    Dessas séries novas nenhuma me atriu, então ficarei com as tradicionais…..CSI LA não deixou saudades mesmo na 10º temporada.

    Vamos a correria novamente, ainda bem que algumas séries estou assistindo pelo calendário Americano e lá deu uma parada…..assim não fico congestionada com a internet e a tv a cabo.

    Responder

  2. Minha mágica é acompanhar junto com os EUA!:-)
    CSI melhora muito nessa 11° temporada, porque o Langston vira o coadjuvante que sempre deveria ter sido. Na Sony, só acompanho alguns reality shows. Não tenho paciência para acompanhar as séries (Grey’s e Private eu vejo pela internet, porque detesto as séries de comédia e Desperate Housewives que o canal passa).

    Responder

  3. A Bia Mafra comentou que a reprise de The Mentalist é as 04:00 am, ou seja se fomos ver a reprise chegamos igual a um zumbi no serviço……poupe-me de detalhes Warner. Hawai 5.0 estou assistindo pelo USA……a Liv demorou muito e eu estava sem série para assistir, dai resolvi adiantar algumas, se não estava ferrada.

    Responder

  4. Meu coraçãozinho sente tanta, mas tanta falta de Jack Bauer… Snif
    Novas temporadas sem “24” não tem graça nenhuma.
    *suspiro*

    Responder

  5. Eu achei a Covert Affairs fraquinha demais. Vou dar uma segunda chance na próxima semana, mas não estou empolgado.

    Responder

  6. Simone, semana de estreias na AXN… Até que em fim…. O que achou da serie Cover Affairs?

    Assisti o episodio de estreia na terça-feira e gostei. Parece que fizeram uma “rapa” nas series e montaram o elenco de Cover Affairs…. So artistas legais….

    Preparada para a chegada da Jo para ocupar o lugar da Stella em CSI NY? Como acompanho esta serie pelo calendario americano, ja posso te adiantar que não tem como não amar a Jo….

    Espero que goste desta temporada de CSI NY…..

    ABraços

    Responder

    1. Oi marcia,

      Eu já assisti a vários episódio de Cover Affairs, mas confesso que não me conquistou, o elenco é realmente bom, mas falta história.

      Já vi tbm o primeiro de CSI NY e é claro que tô apaixonada pela Jô. mas sou suspeita: eu a amo desde Once And Again e queria que ela tivesse ficado muito mais tempo em house.

      Abraços

      Responder

  7. O que aconteceu com a série Castle? O problema com os términos de temporadas é que por mais que os telespectadores se interessem pela trama, os canais brasileiros levam uma eternidade para iniciar com a temporada seguinte. O resultado é o desinteresse. Como se diz “longe dos olhos, longe do coração”.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *