Pense comigo

Essa é a imagem de um trecho da Avenida Paulista e sua super-calçada-não-drenante-já-estragada nova:

Agora, pense comigo: e se a gente empurrasse essa banca um pouquinho para lá, ou um pouquinho para cá, rolava uma ciclovia, não rolava?

Feito toscamente no Paint usando mouse meia boca porque não sei usar o Photoshop e nem tenho tablet – garantia de que nenhuma foto deste site recebe tratamento.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. Ah como seria facil nossa vida de pedaleiros se as “toridades” tivessem essas nossas visões ne?
    Ledo engano, que nos ferremos na rua, dividindo com carro e onibus e principalmente com motoqueiro que adora tirar lasquinha de nos…
    Vou comprar uma armadura pra mim, ver se adianta, mas pelo jeito vai se a mesma coisa rs
    #aquele

    Responder

    1. Mas sabe que, depois que descobri que em Copenhagen ninguém queria as bikes e que foi uma imposição de um prefeito comecei a acreditar que é possível, só precisamos achar a pessoa certa.

      Responder

  2. Ai que ta o problema, achar alguem que queria se corromper para entrar nesse sistema fetido que é a politica.
    Os biker que eu conheço, nunca entraria nessa, nao ponho a mao no fogo nem por mim rs, mas acredito que ninguem quer ser politico pra mudar o Brasil, mas sim pra mudar de vida.
    E convenhamos que não tem um que se salve la ne?
    Como vc disse uma vez, quem sabe a gente fazendo nao se muda as coisas?
    É uma gota no oceano, mas como diria meu pai:
    Melhor pingar do que secar rs
    Bjos

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *