Fringe: The Abducted (03×07)

Sim Peter, pode fazer cara de idiota, afinal, durante OITO SEMANAS você não foi capaz de perceber que a mulher ao seu lado não era a Olivia. E mesmo com Walter demorando três dias para descobrir que dormia na casa errada com uma mulher bem diferente da sua, eu ainda me irritei muito mais com você.

Isto posto: que temporada!!

No lado alternativo Olivia consegue pegar um sequestrador que já aterrorizava a todos há muito tempo, que foi o responsável pelo sequestro do filho do Broyles alternativo. Mais uma vez ela usa para isso o seu lado mais humano, pouco exercitado pelo pessoal do outro lado. Ela acaba por ajudar o filho de Broyles a se recuperar e coloca em risco sua chance de fugir para o nosso lado. Além disso, ela acaba demonstrando para Broyles que sabe não pertencer ao mundo dele.

Ao saber que ela o ajudou, mesmo se sabendo presa, Broyles começa a repensar o quanto de verdade existe no discurso do Walternativo sobre a guerra e a possibilidade de destruição do mundo dele. Acho que isso vai fazer toda a diferença daqui para a frente.

Devo dizer que eu sou muito fissurada pelo Broyles da outra realidade, ele tem um ar menos formal que me consegue ganhar nossa simpatia. Além disso, eu acabo por considerá-lo mais heróico que seu igual em nosso mundo.

E se tinha gente que era mais fã dos episódios passados do outro lado, devo dizer que um episódio passado nos dois lados trás uma sensação de urgência insuperável.

Observação extremamente pessoal: não, Peter não teria um Mac e um telefone com Android rodando, não faz o estilo dele. Não mesmo.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário

Deixe uma resposta