Hawaii Five-O: Mana-o (Belief) (01×08)

Sim, Hawaii Five-O se tornou o melhor caso de “bromance” da TV (“bromance” é o termo usado pelos americanos para a dupla de parceiros que são almas gêmeas), e esse é o episódio perfeito para exemplificar isso, já que finalmente, a despeito das provocações, ambos admitem o quanto já são parceiros inseparáveis.

Verdade que eu achei meio estranha a história de Danno e seu ex-parceiro, isso porque no primeiro episódio eu havia ficado com a nítida impressão de que ele era um novato na ilha e, agora, temos toda essa nova história dele e de seu parceiro, acusado injustamente de corrupção.

Falando em corrupção: este era um caso em que eu esperava mais da participação de Chin, o que não aconteceu. Na verdade, eu fico a espera do episódio em que finalmente saberemos do que ele foi acusado e qual a verdade por trás disso, mesmo consciente de que isso ainda demorará um pouco, já que, acredito, a acusação pode estar ligada de alguma forma ao caso investigado pelo pai de McGarret.

Para encerrar: Bronson Pinchot está praticamente irreconhecível, muito distante do que parecia quando ainda estrelava O Primo Cruzado, não é mesmo? Só o jeito desajeitado continua o mesmo.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

7 Comentários


  1. Simone vc está feliz com a indicação do Caan ao Golden Globe ???
    eu tenho certeza que sim pois eu fiquei assim quando eu soube

    *_____________________________*

    também achei que este episódio seria mais Chin …. mas não foi o que aconteceu
    o primo cruzado hahahahah, é tão inesperado ver atores de outros seriados e a gente só enxergar o personagem que nos marcou como é o caso dele

    olha nos bons tempos de House (que já vão longe) o bromance entre House e Wilson rendia maravilhosas cenas, graças a Dio Mio que tenho outro pra me agradar e pra me apegar

    e o Bromance continua ainda melhor no próximo episósio …. cala-te bocaaa

    Responder

    1. E não moça!!! Adorei!! Poxa, ele me surpreendeu tanto neste seriado, confesso que eu tinha torcido o nariz para a escolha dele.

      Essa coisa de ver o personagem do ator ao invés do ator é um vício. Eu até chamo pelo nome do outro personagem, fico com dó do meu marido que precisa entender essas coisas que eu faço, hehe

      Responder

      1. Ah, as cenas de “bromance” são cada vez melhores! Adorei este episódio e confesso que, um dos motivos, foi o maior destaque para o Scott “danno” Caan. E, como já comentado, amei a indicação dele! Me surpreendi e, ao mesmo tempo, achei merecido. A probabilidade da vitória é remota pq a categoria é bem difícil mas, só de vê-lo na premiação já vale. E isto me lembra que o Alex O´Loughlin poderá ser u dos apresentadores… aff!!!!

        Responder

        1. Olha Caribna, ele pode até ter entrado como azarão, mas acho que foi a surpresa da temporada e se o povo quisesse inovar no prêmio ia ser a escolha perfeita.

          Responder

  2. Estou amando o remake de H5-0. Os produtores foram extremamente cuidadosos em preservar o máximo possível as características q marcaram a série, como as cenas da abertura, aquela música eletrizante, o tipo físico dos atores, as cenasde ação, etc.. Não imaginei que pudesse ficar tão bom.
    Mas, tenho q confessar: só tenho olhos pro Scott Caan. O cara é um ótimo ator e, porque não mencionar, muito sexy!!!! Tb adorei a indicação dele pro Golden Globe.

    Responder

Deixe uma resposta